Tamanho do texto

Campo laboratorial do Grupo Daimler é o mais avançado e tecnológico da América Latina

Agora os pesadões da Mercedes-Benz podem ser testados no campo de provas mais moderno da América Latina, com tecnologias só existentes em outras duas unidades da empresa na Alemanha e nos Estados Unidos.

LEIA MAIS: Ka Freestyle mostra como ficará a nova família do compacto

A Mercedes-Benz inaugurou o seu Campo de Provas em Iracemápolis, no interior paulista, que é o maior do Hemisfério Sul e o mais avançado e tecnológico do Brasil no segmento de veículos comerciais.

Com isso a marca reforça ainda mais a sua presença na plataforma mundial de desenvolvimento do Grupo Daimler. Com tecnologia de ponta, 16 pistas para vários tipos de testes e 12 km de extensão, o campo permite que a Empresa simule estradas do Brasil e de qualquer país do mundo.

LEIA MAIS: Volvo XC40 era o que faltava para a marca bater recorde de vendas no Brasil

Base para simulações e testes, um caminhão laboratório percorreu 16.000 km por todas as regiões do País, coletando dados das estradas brasileiras.

Os investimentos foram de R$ 90 milhões

Mercedes-Benz passa  a ter nova pista com inclinação para testes de caminhões de vários tipos, inclusive pesados
Divulgação
Mercedes-Benz passa a ter nova pista com inclinação para testes de caminhões de vários tipos, inclusive pesados

Referência de um dos mais modernos Campos de Prova do mundo, fica ao lado da fábrica de automóveis em Iracemápolis, o Campo de Provas da Mercedes-Benz do Brasil toma por base um modelo similar ao da Daimler em Wörth, na Alemanha, um dos mais modernos do segmento de veículos comerciais da Companhia e também do setor em todo o mundo.

Com isso, serão realizados, aqui no Brasil, testes com o mesmo rigor e padrão técnico e métrico seguidos por outras unidades do Grupo. Um exemplo é a pista de testes de durabilidade, que conta com mais de 840 placas de concreto pré-moldado que não se repetem. Elas são idênticas às colocadas na pista da Alemanha e de Madras, nos EUA.

Construído em 18 meses, o Campo de Provas da Mercedes-Benz do Brasil conta com uma área total de 1.300.000 metros quadrados, reunindo o que há de mais avançado em tecnologia de simulações e testes. Esta área de terreno equivale a 150 campos de futebol. Na terraplanagem, foram movimentados 1.500.000 metros cúbicos de terra, o que daria para encher uma dessas arenas modernas até a cobertura. São14 pistas para verificação de durabilidade estrutural, uma de conforto acústico e térmico e uma de terra, numa extensão total de 12 km.

LEIA MAIS: Mitsubishi L200: picape feita para todo terreno

O Campo de Provas também traz a avançada tecnologia de conectividade do Driver Guidance System. Esta grande novidade no mercado brasileiro se destaca por trazer conceitos da Indústria 4.0 para a área de desenvolvimento da Mercedes-Benz do Brasil. Este sistema permite conexão global de todas as pistas de testes de durabilidade do Grupo no mundo.

Os testes da Mercedes-Benz são realizados de acordo com a norma ISO 10.844, visando a homologação nacional e internacional dos diferentes componentes dos veículos. Além das pistas de testes, o Campo de Provas conta com uma estrutura de apoio com salas, computadores, rede de TI e oficina mecânica. Compartilha com a fábrica de automóveis recursos de segurança, atendimento médico, alimentação e outros serviços aos colaboradores da equipe.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.