Tamanho do texto

A Royal Enfield Classic 500 Pegasus veio para o Brasil em uma edição limitada de 60 unidades. Veja um pouco da história por traz do ícone

Os alforjes de couro são o maior destaque visual da Royal Enfield Pegasus
Guilherme Marazzi
Os alforjes de couro são o maior destaque visual da Royal Enfield Pegasus

Se você curtiu a chegada ao Brasil da mais antiga marca de motocicletas ainda em produção, a anglo-indiana Royal Enfield, certamente vai gostar de saber que existe uma edição comemorativa de série limitada baseada no modelo Classic. É a Royal Enfield Classic 500 Pegasus, que homenageia a lendária motocicleta RE/WD 125, conhecida como Flying Flea.

LEIA MAIS: Era uma vez no México. Com a linha Touring 2019 da Harley-Davidson

A Royal Enfield WD 125 Flying Flea (que significa pulga voadora) teve um papel importante da Segunda Guerra Mundial, pois era enviada ao front de paraquedas, juntamente com a tropa de paraquedistas, para fazer o reconhecimento do terreno, facilitar as comunicações e garantir a rápida locomoção dos soldados.

A história militar da Royal Enfield começou ainda na Primeira Guerra, quando suas motocicletas foram utilizadas pelas tropas britânicas na França e na Bélgica. O Exército Imperial Russo também utilizava motocicletas Royal Enfield. No segundo conflito, a Flying Flea atuou nas maiores batalhas, como o Dia D e a Batalha de Arnhem.

LEIA MAIS: Harley-Davidson antecipa sua linha 2019

No início da Guerra, em 1939, a Grã-Bretanha ainda não tinha soldados paraquedistas, mas o primeiro Ministro Winston Churchill, que ficou impressionado com as tropas paraquedistas alemãs, criou a primeira formação de cinco mil soldados paraquedistas.

Depois de testar as tropas com bicicletas dobráveis, que foram rejeitadas pelos soldados, o exército foi informado por um jornalista especializado em motocicletas da época que a Royal Enfield produzia uma motocicleta de 125 cm3 leve e compacta, justamente o que os britânicos estava precisando. Ironicamente, essa motocicleta inglesa era derivada da motocicleta alemã DKW.

Para suportar o impacto da aterrisagem, a Flying Flea, que pesava 56 kg, era jogada de aviões como o Douglas C 47 Dakota, ou mesmo de planadores Horsa, envolvida em um berço tubular que era facilmente descartado, uma vez em terra. A motocicleta podia funcionar com combustível de baixíssima qualidade e tinha uma autonomia de 240 km. Alguns itens foram adaptados do modelo civil, como pedaleiras dobráveis e um escapamento bastante silencioso, para não chamar a atenção do inimigo nas zonas de combate.

Estilo e um pouco mais de história da Royal Enfield

A Royal Enfield Pegasus tem muitos componentes pintados de preto fosco e o motor marrom
Guilherme Marazzi
A Royal Enfield Pegasus tem muitos componentes pintados de preto fosco e o motor marrom

A Royal Enfield Pegasus foi inspirada na Flying Flea e é pintada nas mesmas cores da época da guerra, Service Brown (marrom) ou Olive Drab Green (verde). Essa edição especial tem no tanque a insígnia Pegasus, em marrom e azul – que é o emblema oficial do Regimento de Paraquedistas Britânico –, e um número de série individual. Na caixa da bateria, o emblema “Made Like A Gun”. Para complementar o visual da época, as manoplas são marrons, assim como o motor e o câmbio, e muitos componentes são pintados de preto fosco. O que mais se destaca nessa edição especial, no entanto, são os dois alforjes laterais de couro cru, bem ao estilo militar, com a insígnia Pegasus.

LEIA MAIS: O lado negro da Harley-Davidson Road King Special

Apenas 60 unidades da  Classic 500 Pegasus foram vendidas no Brasil, no sistema online: os primeiros que se registraram levaram a motocicleta. No total, mil motocicletas foram vendidas e o maior lote, de 240 motocicletas, ficou na Índia. O valor de venda foi de R$ 24.900, mas alguns compradores, que já fazem parte de um grupo seleto, dizem que já tiveram ofertas bem maiores por sua relíquias. No último fim de semana, a Royal Enfield do Brasil reuniu uma parte desse grupo para uma exclusiva sessão de cinema com o filme Aquaman. O assunto mais discutido nesse dia, é claro, não foi o filme com o personagem marinho da CD Comics, mas sim a Royal Enfield Pegasus.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.