Thiago Garcia aderiu aos carros elétricos para trabalhar como motorista de aplicativo
Arquivo pessoal
Thiago Garcia aderiu aos carros elétricos para trabalhar como motorista de aplicativo

Fala galera, beleza? Gostaria de iniciar meu primeiro texto para essa coluna com uma grande notícia que, inclusive muitos já notaram, mas a maioria das pessoas não se deram conta. Sim, eles já estão entre nós… Há mais tempo do que podemos imaginar.

Para quem ainda não entendeu, não falo dos alienígenas, mas dos veículos elétricos .

Façamos uma breve reflexão: os grandes centros metropolitanos já convivem com a mobilidade elétrica há décadas por conta dos sistemas de trens  e metrôs. Além disso, temos os famosos trólebus, ônibus elétricos que são alimentados por via aérea.

Entretanto, desde meados da Copa do Mundo de 2014, temos visto o namoro brasileiro com veículos menores. Foi nessa época que chegaram as primeiras unidades do Nissan Leaf e dos furgões BYD T3 e Renault Kangoo como estratégia de vender uma imagem mais "verde" do país ao longo de um dos eventos mais televisionados do mundo.

O noivado aconteceu na Feira do Automóvel de 2018 com a promessa de lançamento de diversos veículos. Entre eles o JAC iEV40 , Renault Zoe , Nissan Leaf  (nova geração), entre outros.

É estranho pensar que demorou 4 anos, depois dos primeiros modelos desembarcarem no Brasil, para ser aberta a possibilidade de aquisição pelo consumidor final, mas finalmente aconteceu.

Para ser justo, já havia alguns modelos vendidos para pessoa física, mas a lista de opções era extremamente pequena. Praticamente tínhamos apenas o BMW i3 vendido oficialmente no Brasil e algumas unidades de veículos trazidos por importação direta.

De 2019 para cá, estamos acompanhando o crescimento exponencial da frota de veículos elétricos no Brasil, com opções de modelos eletrificados por quase todas as marcas presentes no Brasil.

Motoristas conseguem carregar veículos elétricos sem custo
Divulgação
Motoristas conseguem carregar veículos elétricos sem custo


Mesmo que você não tenha, provavelmente, meu caro leitor, já viu ou fez uso dos serviços prestados pela crescente frota de veículos elétricos.

Engana-se quem pensa que a adoção de veículos elétricos será maior entre ricos e abastados. Os veículos elétricos serão adotados de forma mais rápida por empresas e prestadores de serviços . Exemplos que já podem ser encontrados usando de forma ampla são: DHL, Mercado Livre, Americanas, AMBEV, Casas Bahia, iFood, entre tantas outras.

Essas empresas encontraram diversos benefícios na adoção de veículos elétricos. Entre eles, cumprimentos de metas ESG, redução no custo de manutenção e até a possibilidade de produzir seu próprio “combustível” através de energia solar . Os veículos adotados vão desde patinetes até caminhões, mas eles passam despercebidos completamente na multidão.

Além das entregas, os serviços de transporte também estão adotando amplamente o uso de veículos elétricos. Muitos motoristas de aplicativos estão migrando para veículos elétricos para reduzir o custo de operação . Além disso, temos empresas de ônibus como o Expresso Princesa dos Campos (Paraná), Grupo Águia Branca (Espírito Santo) e tantas prefeituras que têm agregado veículos elétricos no transporte urbano.

Falando em prefeituras, o poder público tem utilizado como viatura das forças de segurança também. Temos a Guarda Municipal como o maior exemplo de sucesso com dezenas de veículos 100% elétricos. A PM do Espírito Santo e de São Paulo também fazem avaliação do uso de forma mais ampla.

Deu até vontade de ter um carro elétrico , não é? Não se preocupe, você pode começar sua transição pelo aluguel ou mesmo assinatura de um carro elétrico. Hoje temos empresas como a Movida, a Unidas, a Flua e a BeepBeep que possuem opções de veículos elétricos para aluguel. Os contratos podem variar poucos minutos a alguns meses, basta avaliar o que melhor te atende.

Por isso que digo: chegaram silenciosamente, já estão entre nós e fazem parte da nossa rotina.

Bem-vindo ao mundo da mobilidade elétrica .


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários