Tamanho do texto

Fiat quer que hatch desbanque Chevrolet Onix e Hyundai HB20, tornar-se o mais vendido do país e coloque a marca no topo do mercado

Disponível em sete versões, o Fiat Argo tem preços entre R$ 45 mil e R$ 70 mil
Divulgação/Fiat-Chrysler Automóveis
Disponível em sete versões, o Fiat Argo tem preços entre R$ 45 mil e R$ 70 mil

Após flagras e teasers sem fim, o Fiat Argo finalmente é apresentado por completo e já está disponível nas concessionárias de todo o Pais. O novo hatchback, que será posicionado acima do Palio, estará disponível em sete versões diferentes, com os motores 1.0, 1.3 e 1.8, com preços entre R$ 46.800 e R$ 70.600, de olho em Chevrolet Onix e Hyundai HB20. Embora a fabricante ainda negue, a tendência natural é que o modelo aposente o Punto e as configurações mais caras do Palio.

LEIA MAIS: Já aceleramos a versão HGT 1.8 do Fiat Argo

Desenvolvido com uma nova plataforma modular, a MP1, o Fiat Argo busca conquistar os clientes com uma dinâmica parecida com a do Punto, o design do novo Tipo europeu e um espaço interno digno de hatches médios como Bravo. Tem 4 metros de comprimento, 2,51 m de entre-eixos e 1,75 m de largura. Seu porta-malas é de 300 litros. Quer entrar com uma pegada de hatchback premium, segmento que havia praticamente desaparecido do mercado brasileiro.

Suas linhas vem da nova geração do Tipo italiano, com leves alterações, como os faróis mais espichados e as novas lanternas traseiras. Chama a atenção por ter um capô longo, mas a frente bem curta em relação às rodas dianteiras e a cabine. A traseira tem um caimento mais parecido com o de outros hatches do que com modelos da própria casa (veja como está bem distante do Palio, por exemplo).

O nível de refinamento da Toro foi a inspiração para o Argo . O acabamento é de plástico, mas de material mais agradável ao toque. Foi montado de forma a dar destaque para a central multimídia uConnect Touch, uma tela sensível ao toque de 7 polegadas que salta para fora do painel. Trouxeram muitas das solução de design da picape, como os botões abaixo das entradas de ar e o comando do ar-condicionado. O volante é o mesmo, assim como a tela TFT de 3,5 polegadas do computador de bordo.

Falando no sistema multimídia, a Fiat desenvolveu uma nova versão do uConnect, desta vez mais preparada para o uso do touchscreen. É mais rápido, preparado para o uso de Android Auto e Apple CarPlay, e com uma tela de alta definição. Outro destaque é o novo computador de bordo, oferecido como opcional na versão Prestige 1.8 e de série na esportivada HGT 1.8, composto por um painel TFT de 7 polegadas, também de alta definição.

Sete versões

Olhar o configurador do Argo no site pode dar a impressão de ter uma linha muito inchada. São sete versões: Drive 1.0, Drive 1.3, Drive 1.3 GSR, Prestige 1.8, Prestige 1.8 AT, HGT 1.8 e HGT 1.8 AT. Basicamente, temos um modelo 1.0 apenas manual, o 1.3 tem opção automatizada e o 1.8 pode ser equipado com câmbio automático, tanto na versão normal quanto na “esportiva” HGT.

Seu motor básico é o 1.0 Firefly, conehcido por ter estreado no Uno e, posteriormente, adicionado ao Mobi. Tricilíndrico, gera 77 cv e 10,9 kgfm de torque, com etanol. Trabalha exclusivamente com o câmbio manual de cinco marchas (embora o subcompacto tenha uma opção automatizada). Esta será a versão para quem quer algo acima do Palio e não deve ter um grande volume de vendas. Faz 9,9 km/l na cidade e 10,7 km/l na estrada, com etanol. Se abastecido com gasolina, rende 14,2 km/l e 15,1 km/l, respectivamente.

LEIA MAIS: Como ficará o segmento mais importante do mercado com a chegada do Argo

A menina dos olhos da Fiat será o Drive 1.3. Outro motor da família Firefly, este quatro cilindros gera 109 cv e 14,2 kgfm, quando abastecido com etanol. Tem duas opções de transmissão: manual de cinco ou automatizada GSR, também de cinco. O GSR é uma evolução do Dualogic, lançada junto com o Uno e que, recentemente, foi adicionada à linha do Mobi. É o concorrente direto do Onix 1.4 e HB20 1.0 (aspirado e turbo). Segundo o Inmetro, seu consumo é de 9,2 km/l (cidade) e 10,2 km/l, com etanol no tanque, passando para 12,9 km/l e 14,3 km/l com gasolina. Com o automatizado GSR, muda para 8,9 km/l e 10 km/l, usando etanol, e 12,7 km/l e 14,3 km/l bebendo gasolina.

Para quem quer desempenho, há o Argo com o motor 1.8 E.torQ, velho conhecido da fabricante que equipou diversos carros. Estará disponível no Precision e HGT. Conta com as evoluções apresentadas recentemente, como coletor de válvulas variável e ausência do tanquinho de partida a frio. Conta com 139 cv e 19,3 kgfm de torque, com etanol, e pode ser combinado ao câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis.

Embora seja o mesmo motor para as quatro versões, o consumo varia bastante. O Precision manual é o melhor deles, rendendo até 11,5 km/l (cidade) e 13,5 km/l (estrada). Cai para 10,1 km/l e 13,3 km/l com o câmbio automático. Já o HGT, por seu ajuste mais esportivo, rende 11,4 km/l (ciclo urbano) e 13,3 km/l (ciclo rodoviário), na versão manual, ou 10 km/l e 12,8 km/l quando equipado com a transmissão automática de seis marchas.

As diferenças entre o Precision e HGT são o ajuste e o design. A suspensão tem um acerto mais esportivo e a transmissão tem outra calibração. Já o desenho do HGT (High Gran Turismo), a versão esportivada, inclui spoiler no para-choque, detalhes na cor vermelha e moldura de plástico preto nas laterais e sobre as caixas de roda.

Confira todos os preços e versões do Fiat Argo:

Fiat Argo Drive 1.0 – R$ 46.800

Equipamentos: Ar-condicionado, direção elétrica progressiva, cinto de segurança de três pontos para os cinco ocupantes, ancoragem ISOFIX para cadeirinhas infantis, banco do motorista com regulagem de altura, computador de bordo com tela TFT de 3,5 polegadas, pré-disposição para rádio, rodas de aço 14”, sistema Start-Stop, travas elétricas e vidros elétricos dianteiros.

Opcionais: Rádio Connect; Câmera de ré + sensor de estacionamento; Retrovisor elétrico com tilt-down e repetidor de seta + vidro elétrico traseiro; Central multimídia uConnect Touch 7”” + volante multifuncional + segunda entrada USB.

Fiat Argo Drive 1.3 – R$ 53.900

Equipamentos: Adiciona monitoramento de pressão dos pneus, central multimídia uConnect Touch com tela sensível ao toque de 7 polegadas, volante multifuncional e porta USB para o passageiro traseiro.

Opcionais: Faróis de neblina + Roda de liga leve 15”; Câmera de ré + sensor de estacionamento; Retrovisor elétrico com tilt-down e repetidor de seta + vidro elétrico traseiro.

Fiat Argo Drive 1.3 GSR – R$ 58.900

Equipamentos: Recebe controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, paddle shifts para trocas manuais, luz ambiente, apoio de braço para o motorista, vidro elétrico traseiro, piloto automático e retrovisores elétricos com função tilt-down.

Opcionais: Faróis de neblina + rodas de liga leve 15”; câmera de ré + sensor de estacionamento.

Fiat Argo Precision 1.8 – R$ 61.800

Equipamentos: Ganha alarme antifurto, faróis de neblina, faróis de posição em LED, rodas de liga leve 15” e banco traseiro bi-partido.

Opcionais: Airbags laterais; Câmera de ré + sensor de estacionamento; Quatro de instrumentos em TFT 7” + ar-condicionado digital + retrovisores com rebatimento + keyless + sensor de chuva + sensor crepuscular + retrovisor eletrocrômico; banco de couro + rodas de liga leve 16”.

Fiat Argo Precision 1.8 AT6 – R$ 67.800

Equipamentos: Por ser automático, recebe os paddle shifts para trocas manuais, controle de cruzeiro e apoio de braço para o motorista. Também adiciona volante revestido em couro e luz ambiente.

Opcionais: Airbags laterais; Câmera de ré + sensor de estacionamento; Quatro de instrumentos em TFT 7” + ar-condicionado digital + retrovisores com rebatimento + keyless + sensor de chuva + sensor crepuscular + retrovisor eletrocrômico; banco de couro + rodas de liga leve 16”.

Fiat Argo HGT 1.8 – R$ 64.600

Equipamentos: Troca as rodas para 16” de liga leve e o computador de bordo digital muda para a tela TFT de 7 polegadas.

Opcionais: Airbags laterais; Câmera de ré + sensor de estacionamento; Ar-condicionado digital + retrovisores com rebatimento + keyless + sensor de chuva + sensor crepuscular + retrovisor eletrocrômico; banco de couro + rodas de liga leve 17”.

Fiat Argo HGT 1.8 AT6 – R$ 70.600

Equipamentos: A versão mais cara adiciona os itens para câmbio automático: aletas para troca de marcha, controle de cruzeiro e apoio de braço.

Opcionais: Airbags laterais; Câmera de ré + sensor de estacionamento; Ar-condicionado digital + retrovisores com rebatimento + keyless + sensor de chuva + sensor crepuscular + retrovisor eletrocrômico; banco de couro + rodas de liga leve 17”.

LEIA MAIS: Sedã do Fiat Argo deve ser apresentado no Salão de Buenos Aires

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.