Tamanho do texto

Sedã mais vendido do Brasil passa a ter as mesmas mudanças adotadas em toda da linha do hatch compacto Onix

Chevrolet Prisma: sedã compacto passa a ficar mais equipado na linha 2019, principalmente na versão LT 1.4
Divulgação
Chevrolet Prisma: sedã compacto passa a ficar mais equipado na linha 2019, principalmente na versão LT 1.4

Depois do Onix, eis que o Chevrolet Prisma da linha 2019 é apresentado seguindo o padrão do que foi adotado no hatch compacto. No caso da versão mais em conta LT 1.4 (R$ 58.990), as mudanças começam com uma lista de itens de série mais completa, com a inclusão dos espelhos retrovisores elétricos, rodas de liga-leve, computador de bordo e câmera de ré.

LEIA MAIS: GM lança Onix 2019 a partir de R$ 48.150. Veja o que mudou no hatch compacto

Também faz parte do maior pacote de equipamentos que vêm de fábrica na versão LT 1.4 do Chevrolet Prisma outros itens, como encosto de cabeça, cinto de três pontos para o ocupante central do banco traseiro, sensores nos para-choques traseiros (para ajudar nas manobras de estacionamento) e central multimídia com Android Auto e AppleCar Play. 

Versão topo de linha também recebeu novidades, como os bancos revestidos totalmente de couro de série
Divulgação
Versão topo de linha também recebeu novidades, como os bancos revestidos totalmente de couro de série

 Há também como incluir câmbio automático de seis marchas, o que faz o preço sugerido do sedã compacto subir para R$ 64.390, valor que dá direito ao controlador de velocidade de cruzeiro (“piloto automático”), que não pode equipar a versão com câmbio manual, também de seis marchas.

LEIA MAIS: Chevrolet Prisma ganha versão de R$ 58.690, com motor 1.4 e câmbio automático

Em seguida, na versão Advantage (R$ 59.590), a caixa automática vem de série, mas a lista de equipamentos de série é um pouco mais modesta que na LT, uma vez que não conta com os sensores traseiros, central multimídia, entre outros itens. Outras duas diferenças ficam por conta da falta das rodas de liga-leve, substituídas por outras de aço com calotas plásticas e do radio simples, que bem apenas com entrada USB e Bluetooth.

Repare no quadro de instrumentos com mostrador de digital branco no lugar do azul, oferecido at¡é a linha 2018
Divulgação
Repare no quadro de instrumentos com mostrador de digital branco no lugar do azul, oferecido at¡é a linha 2018


A GM também incluiu no Chevrolet Prisma 2019 mais novidades. Isso porque a versão topo de linha LTZ agora vem com bancos totalmente revestidos de couro, diferente do que vinha sendo oferecido até a linha 2018, em que apenas as laterais dos assentos vinham revestidas. Entretanto, o motor 1.4 continua sem mudanças, com 106 cavalos com etanol. 

Nova geração de modelos

Chevrolet FNR-X Concept dá pistas de como será a frente da nova linha de modelos da marca a partir de 2020
Divulgação
Chevrolet FNR-X Concept dá pistas de como será a frente da nova linha de modelos da marca a partir de 2020

A GM investe numa nova geração de modelos que vai começar a ser lançada a partir de 2020. Os carros serão desenvolvidos em parceria com a SAIC, fabricante chinesa que tem aliança com a marca americana, há 20 anos. Ao todo, serão aplicados R$ 13 bilhões para renovar toda linha de modelos da Chevrolet no Brasil.

Uma das pistas de como deverá ser a nova identidade visual da linha GM em países emergentes, entre os quais se inclui o Brasil, é o protótipo FNR-X, que foi mostrado no Salão de Pequim (China), em abril último. O aspecto arrojado da frente estará em todos os modelos da nova gama que estará completa até 2022.

LEIA MAIS: GM confirma que terá 30 novidades no Mercosul até 2022. Saiba detalhes

Além dos novos carros, a linha de modelos da GM, que incluirá a próxima geração do Chevrolet Prisma terá motores inéditos, que vão começar a ser produzidos a partir de meados do ano que vem em Joinville (SC). Um deles será o 1.0, de três cilindros, cuja base do projeto é a mesma da Opel, marca alemã que foi comprada pelo Grupo PSA.   

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.