Tamanho do texto

Referência em tecnologia e custo-benefício ante rivais da Audi e Mercedes, novo modelo foi premiado na Europa e mostra qualidade ante os SUVs

Novo Volvo V60 traz a nova linguagem visual e sensorial da marca, com personalidade que combate os alemães de frente
Guilherme Menezes/iG
Novo Volvo V60 traz a nova linguagem visual e sensorial da marca, com personalidade que combate os alemães de frente

Cada vez mais que ando em uma perua, menos entendo, do fundo do coração, o que o mercado tem contra elas, por mais que saiba das razões para isso. Se comparadas aos SUVs — segmento que tomou proporções epidêmicas com sua participação de 25% do mercado — as peruas podem até não ter a posição de dirigir elevada dos SUVs, ou a capacidade de passar por obstáculos com facilidade, mas na questão do desempenho são imbatíveis. Eu sei que todos estamos cansados de falar desse assunto, mas o Volvo V60 é um carro que traz esse tema de volta.

LEIA MAIS: Audi A4 Avant x Mercedes C300 Estate: uma dupla contra os SUVs

No caso do Volvo V60 (R$ 199.950), se comparado a rivais como o Audi A4 Avant (R$ 178.215) e o Mercedes-Benz C300 Estate (R$ 230.232), o modelo sueco é, de fato, vencedor quando o assunto é custo-benefício — algo que, inclusive, rendeu o prêmio de Carro de Família do Ano na Europa. Adiantando um pouco das impressões, o Audi pode até ser mais em conta e econômico, e o Mercedes o mais confortável e esportivo, mas além de também ser tudo isso, o V60 acrescenta mais espaço interno para os ocupantes e para as malas, bem como todos os recursos do modo de condução semi-autônomo, que proporcionam uma experiência diferenciada ao volante, e mais segurança, pelos sistemas de pré-colisão que falarei mais adiante.

Impressões do novo Volvo V60

A traseira do Volvo V60 segue com as linhas que são marca registrada da marca, mas agrega modernidade
Guilherme Menezes/iG
A traseira do Volvo V60 segue com as linhas que são marca registrada da marca, mas agrega modernidade

Para quem procura um carro que tem de tudo, mas que também seja prático, espaçoso e prazeroso ao dirigir em todos os sentidos, o Volvo V60 é a pedida. Logo ao entrar no carro já se percebe a facilidade para se acomodar. Os assentos são confortáveis e envolventes, bem como o próprio campo de visão é outro aspecto que agrada. Isso sem falar no design do interior, muito bem acabado e sofisticado, com console e painéis em couro macio, frisos cromados e bastante black piano . Enfim, seu interior é um lugar agradável de se estar.

LEIA MAIS: Mercedes GLA x Volvo XC40: SUVs compactos de luxo que não têm medo de lama

Interior do Volvo V60 oferece conforto, visual moderno e tem diversos sistemas de conectividade
Divulgação
Interior do Volvo V60 oferece conforto, visual moderno e tem diversos sistemas de conectividade

Se o cluster multifuncional com tela digital em TFT de 12,3 polegadas fosse totalmente customizável como o do Audi A4, e se a sua central multimídia vertical de 9 polegadas com recurso Apple Car Play e Android Auto fosse intuitiva desde os primeiros contatos, não haveria qualquer aspecto a melhorar entre os equipamentos de conectividade. Apesar disso, combina navegação, serviços conectados e aplicativos de entretenimento, bem como customização individual de layouts dos equipamentos e funções do carro. Vale lembrar que a plataforma de navegação da Volvo é de sua própria autoria, e funciona mesmo quando não há sinal de internet.

Silhueta do Volvo V60 remete sofisticação e seu visual é moderno, mas não abandona os ares conservadores da marca
Guilherme Menezes/iG
Silhueta do Volvo V60 remete sofisticação e seu visual é moderno, mas não abandona os ares conservadores da marca

Ao volante, a dinâmica ágil é o que mais surpreende. Apesar da traseira comprida — que poderia gerar uma rolagem lateral de carroceria durante as curvas e até transmitir uma sensação extra de peso ao volante — se mantém plantada no asfalto e contorna curvas como qualquer sedã médio mais atrevido a esportivo. Segundo a Volvo, isto se deve a um tipo diferente de suspensão traseira, que apesar de utilizar o sistema multilink, conta com molas menores e braços que mantém a inclinação das rodas (cambagem) no melhor posicionamento possível durante as curvas.

LEIA MAIS: XC60, carro chefe da Volvo no Brasil, chega com motor a diesel

E não podemos esquecer da sua maior atratividade: o sistema de condução semi-autônomo. Seja de dia ou de noite, o pacote traz a mitigação de colisões frontais e a “Mitigação de Pista Oposta” (primeira do mundo, segundo a fabricante), capaz de evitar batidas frontais entre 60 km/h e 140 km/h. Outras tecnologias incluem controle de cruzeiro adaptativo (ACC) e Pilot Assist, que controla sozinho a direção, aceleração e frenagem até 130 km/h, em função do que está adiante na via.

Volvo V60 tem dirigibilidade de sedã e praticidade de SUV. Com isso, é um modelo que desacata os rivais utilitários
Divulgação
Volvo V60 tem dirigibilidade de sedã e praticidade de SUV. Com isso, é um modelo que desacata os rivais utilitários

Como se não bastasse, ainda conta com um sistema ativo de permanência em faixa, que opera entre 65 km/h até 200 km/h. O recurso pode esterçar o volante automaticamente se detectar que o motorista deixou a faixa de trânsito e ainda alertar sonoramente de que não está em boas condições para dirigir. O último dos pacotes de segurança é o recurso City Safety, que aplica frenagem de emergência, pré-tensiona os cintos de segurança e esterça o volante para evitar colisões contra veículos, ciclistas, pedestres e animais de grande porte.

Volvo V60 é pensado para entregar ergonomia e acomodar os ocupantes para as diferentes propostas de direção
Divulgação
Volvo V60 é pensado para entregar ergonomia e acomodar os ocupantes para as diferentes propostas de direção

Quanto ao seu conjunto mecânico, traz um motor turbo de 2 litros que desenvolve 254 cv e 35,7 kgfm, além do câmbio automático de 8 marchas com uma embreagem, que transmite o movimento às rodas dianteiras. Durante os testes deu para sentir que a sua aceleração não é brutal, mas é consistente, o que permite um bom desenvolvimento da velocidade em todas as faixas de rotação — ainda mais se selecionar o modo de condução esportivo “Dynamic”. As mudanças de marcha não são tão imediatas quanto nos câmbios de dupla embreagem, mas por serem suaves, se a proposta for conservar um certo conforto mesmo ao pisar fundo no acelerador, está de bom tamanho.

A maior mudança na nova geração da perua média  é seu maior porte. Agora, são 4,76 metros de comprimento, 1,85 m de largura e 1,42 m de altura. O seu visual também foi renovado, mas segue com estilo imponente, sem deixar os ares clássicos e conservadores de lado.

LEIA MAIS: Volvo S90 T8 é o terceiro híbrido da marca a chegar ao Brasil

Além dos diversos sistemas de segurança do Volvo V60, sua estrutura é projetada para entregar conforto e desempenho
Divulgação
Além dos diversos sistemas de segurança do Volvo V60, sua estrutura é projetada para entregar conforto e desempenho

Na dianteira, o destaque fica para os faróis de LED, com design que lembra o “martelo de Thor”, além da grade dianteira trapezoidal. Os componentes de iluminação contam com funções de acendimento e nivelamento automático, além de luzes de rodagem diurna (DRL). Atrás, o destaque fica para as lanternas verticais, com feixes de LED, que avançam sobre a tampa do porta-malas.

Nas laterais, as dimensões compridas do novo Volvo V60 não abandonam a sutileza, uma vez que sua carroceria esculpida, com acabamento em alumínio nas barras de teto e frisos dos vidros laterais, fazem a função de gerar uma impressão mais de sofisticação do que brutalidade e robustez — apesar de utilizar a mesma plataforma modular SPA do SUV XC60 e outros da linha 90. Entretanto, o elemento mais mais entrega as intenções da equipe de design da Volvo são as rodas de liga leve de 18 polegadas.

A equipe de produto da Volvo tem razão quando diz que não vê peruas como o V60 como carros de nicho, uma vez que, tal como foi testado, entrega um nível de praticidade igual — ou maior — que o de muitos SUVs. Leve em conta o próprio Volvo XC40 Momentum, versão com preço próximo ao do V60. Custa R$ 5 mil a menos e ainda é um belo carro, mas seu porta malas é 69 litros menor, o espaço interno também fica devendo levemente para a perua e, pelo que já senti deste SUV ao volante, também não é tão divertido quanto.

LEIA MAIS: Volvo XC40: SUV de luxo, mas sem exageros

Se estiver convencido sobre o poder das peruas, mas não sabe alguns detalhes das rivais, veja alguns dados a seguir. O Audi A4 Avant sai por R$ 178.215 e traz 505 litros de malas, aceleração até 100 km/h em 7,5 segundos e consumo urbano de 10,5 km/l e rodoviário de 13,5 km/l (segundo Inmetro). Enquanto isso, o Mercedes C300 Estate custa R$ 230.232 e oferece 490 litros para as bagagens, aceleração até 100 km/h em 6,1 segundos e faz 9,2 km/l na cidade e 12,6 km/l na estrada (segundo Inmetro). E por fim o Volvo V60 , que por R$ 199.950 abriga 529 litros no espaço de malas, vai de 0 a 100 km/h em 6,4 segundos e consome 10,5 km/l na cidade e 12,6 km/l na rodovia (segundo o Inmetro).

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.