Tamanho do texto

Modelo será trazido do México com motor 2.0 flex, de 167 cv, para brigar com Toyota Corolla, Honda Civic, Chevrolet Cruze e companhia

Kia Cerato vermelho arrow-options
Divulgação
Kia Cerato da linha 2020 fica com maior apelo esportivo e potente para enfrentar seus fortes rivais no segmento

A Kia vai lançar o novo sedã Cerato no Brasil na segunda metade de setembro, mesma época que a Toyota vai mostrar o novo Corolla, líder de vendas do segmento. Com vendas confirmadas para começarem em outubro, o modelo da marca coreana chega com várias novidades, como o motor 2.0 flex, de 167 cv, que entra no lugar do 1.6

LEIA MAIS: Kia prepara nova picape média na categoria de Hilux, Ranger e S10

Agora o Kia Cerato ficou com maior apelo esportivo, seguindo o estilo adotado no Stinger. Entre os destaques visuais, destaca-se a silhueta que lembra a de um cupê, com linha da capota mais inclinada e traseira encurtada.  Na comparação com o modelo anterior o novo passa a ter 8,1 cm a mais de comprimento, chegando nos 4,61 cm, o que faz aumentar o espaço interno, inclusive no porta-malas de 433 litros.

Enfim, o sedã da Kia receberá um motor mais potente, com rendimento mais parecido com o dos principais rivais. Além disso, a marca divulga que o carro será vendido em duas versões no Brasil: SX e EX, ambas com uma série de equipamentos como central multimídia com tela de 8 polegadas, compatível com Apple Car Play e Android Auto.

 Entre os equipamenos opcionais disponíveis a marca oferecerá faróis com LED no lugar de lâmpadas convencionais, ar-condicionado bizone, frenagem automática, controle de cruzeiro adaptativo, carregador de celular por indução, entre outros equipamentos para tornar a novidade mais atraente diante de rivais de peso, como Honda Civic e Chevrolet Cruze.

LEIA MAIS: Kia Stinger GT 2019: esportivo coreano sabe falar alemão

 A marca coreana vende hoje em dia o Kia Cerato da linha 2019 pelo preço promocional de R$ 72.990, mas o novo deverá ficar próximo de R$ 100 mil não apenas pela faixa de preço dos principais rivais, mas pelas mudanças que serao adotadas o carro.