Tamanho do texto

Versão esportiva terá uma série de itens exclusivos e motor 1.4 turbo, de 150 cv, acoplado ao câmbio automático, de seis marchas no conjunto mecânico


VW Virtus GTS branco arrow-options
Caue Lira/iG
VW Virtus GTS vem com rodas de aro 17 pintadas de preto e filetes vermelhos nos faróis entre os destaques

A Volkswagen deixa para o início de 2020 o lançamento da linha GTS de Polo e Virtus. Os carros foram mostrados primeiramente como protótipos, no Salão do Automóvel, em novembro de 2018. E estavam com a chegada ao mercado agendada para o segundo semestre deste ano. Porém, agora, a fabricante confirma que o início das vendas será nos primeiros meses de 2020.

LEIA MAIS: Veja 5 coisas que já sabemos sobre o futuro VW Polo GTS

A reportagem de iG Carros está no Autódromo Capuava, em Indaiatuba (SP), e logo terá as primeiras impressões ao dirigir na pista da dupla Polo e Virtus GTS . Por enquanto, conseguimos imagens dos carros que estão sendo avaliados pela imprensa e mais alguns detalhes sobre a novidade.

Para fazer jus à tradição da linha GTS da Volkswagen, tanto Polo quanto Virtus terão itens que remetem à esportividade. O primeiro modelo GTS da marca alemã no Brasil foi o Passat , em 1983. Depois, veio o Gol, quatro anos depois. Ambos tinham bancos Recaro com apois laterais mais largos e filetes vermelhos em detalhes internos e externos.

 Mais detalhes de Polo e Virtus GTS

VW, Polo, GTS arrow-options
Caue Lira/iG
VW Polo GTS segue o estilo do sedã Virtus, mas ambos poderão mudar até a chegada das versões definitivas


As unidades que estão na pista ainda são protótipos, que podem receber mudanças até a chegada das versões de produção, no início do ano que vem. De qualquer forma, tanto Polo quanto Virtus GTS estão com rodas de aro 17, pintadas de preto, filetes vermelhos nos faróis, dupla saída de escape e bancos esportivos com encosto de cabeça integrado entre os destaques. 

LEIA MAIS:  VW Polo Beats: versão vem com som mais caprichado. Mas será que vale a pena?

O motor é o mesmo do VW T-Cross , o 1.4 turbo flex, de 150 cv a 4.500 rpm e 25,5 kgfm de torque a 1.500 rpm, que teve apenas o mapeamento de injeção refeito. O câmbio é o mesmo do T-Cross, de automático, de seis marchas, sem nenhuma mudança. Além disso, o carro recebeu barra estabilizadora de 21 mm de espessura (ante 20 mm das demais versões), cluster com iluminação vermelha e emulação de áudio do motor.

LEIA MAIS: Vazam fotos do novo sedã VW Virtus GTS antes da estreia

Quando chegar ao mercado, o Polo GTS vai passar a concorrer com Renault Sandero R.S (a partir de R$ 69.690), seu único rival direto, uma vez que o Peugeot 208 GT não consta mais no site da marca francesa no Brasil. Entretanto, o preço do GTS deverá ficar ao redor dos R$ 100 mil. Mais detalhes, em breve. Fique ligado. 

VW Polo GTS cinza arrow-options
Caue Lira/iG
Defletor de ar em cima do vidro traseiro e dupla saída de escape, porém, são itens que serão mantidos