Novo Hyundai Tucson
Divulgação
Novo Hyundai Tucson: estilo arrojado e versões eletrificadas entre os principais destaques da nova geração


O novo Hyundai Tucson foi revelado no exterior. A quarta geração do SUV médio, que estreia no mercado internacional em 2021, destaca-se pela carroceria de linhas ousadas e pelo interior, que parece anos-luz mais atual que o do carro produzido atualmente em Anápolis (GO).


Seguindo a nova filosofia de design Sensuous Sportiness da marca (que no Brasil é representada no novo HB20 ), o novo Hyundai Tucson impressiona pelas linhas bem angulosas e por detalhes como o desenho das lanternas e os faróis integrados à grade frontal.

Com 4,50 m de comprimento, 1,865 m de largura, 1,650 m de altura e entre-eixos de 2,680 m, o Tucson de quarta geração cresceu em todas as medidas na comparação com o antecessor. O resultado foi um ganho de 2,6 cm no espaço para pernas dos passageiros do banco traseiro, além de um ganho de 107 litros em espaço no porta-malas, que foi a 620 litros.




Por dentro, o ambiente segue o estilo "duplo cockpit", com separação clara no espaço entre os bancos dianteiros. O painel agora é composto por uma tela digital do tipo flutuante, enquanto na porção central (do tipo vazada), fica posicionada uma tela de 10,25". Somem os botões físicos, com os comandos do ar-condicionado sendo feitos por teclas sensíveis ao toque.

De acordo com a fabricante sul-coreana, os ocupantes poderão selecionar ainda 64 cores e dez níveis de brilho para a iluminação da cabine, além da opção dos insertos em tecido no painel e laterais de porta.

A lista de equipamentos traz ainda itens como carregador de celular por indução e ar-condicionado de três zonas, além de um pacote que inclui airbag central na dianteira, frenagem automática de emergência para tráfego cruzado na traseira e em cruzamentos e controlador automático de velocidade de cruzeiro ("piloto automático"), alimentado com dados do GPS.

Motores


O novo SUV da Hyundai será vendido com uma gama de motores que inclui opções diesel e gasolina, híbrida e híbrida-leve. Inicialmente, a opção mais simples será a que combina um motor 1.6 turbo, de 150 cv com o câmbio manual, de seis marchas.

Já as variações híbridas-leve de 48V estão disponíveis com o motor 1.6 turbo a gasolina (de 150 e 180 cv) e a opção do câmbio automatizado, de sete marchas e dupla embreagem, além da tração integral no propulsor de 180 cv. Existe ainda o 1.6 diesel, com 136 cv e o câmbio automatizado de série.

A configuração mais potente é a híbrida "pura", que combina o motor 1.6 turbo a gasolina com um propulsor elétrico, para desenvolver 230 cv. Nesta opção, o SUV conta com um câmbio automático de seis marchas e pode ser equipado com a tração integral.

Futuramente, o novo Hyundai Tucson será oferecido ainda em uma variação equipada com motor 1.6 diesel de 115 cv e câmbio manual, além de uma configuração híbrida plug-in com 265 cv.

    Veja Também

      Mostrar mais