Chery Arrizo 6 Pro: componentes são importados da China para que o sedã médio seja montado em Jacareí (SP)
Divulgação
Chery Arrizo 6 Pro: componentes são importados da China para que o sedã médio seja montado em Jacareí (SP)

É curioso que a Caoa Chery esteja investindo em sedãs médios , mesmo com um catálogo tão vasto de SUVs. Segundo a Fenabrave (Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos Automotores), a categoria corresponde a apenas 4,84% das vendas em 2021, enquanto os SUVs acumulam 41% do mercado total.

De qualquer forma, o Arrizo 6 Pro é mais uma alternativa no showroom da Chery. Além dele, a marca chinesa ainda tem o compacto Arrizo 5 , o elétrico Arrizo 5e e o sedã médio Arrizo 6 . Muitas opções, para todos os tipos de gostos e bolsos.

O Arrizo 6 Pro segue a mesma estratégia das linhas Tiggo 2 e 3X . Ao invés de reestilizar o modelo e mantê-lo como a única opção do line-up, a Chery decidiu lançar a versão renovada como uma alternativa ‘topo de linha’ para o sedã. Dessa forma, os modelos Arrizo 6 e Arrizo 6 Pro vão conviver juntos no mercado.

O sedã da Caoa Chery também é montado em Jacareí (SP) no regime CKD, onde todas as peças são importadas da China para que o sedã seja finalizado no Brasil. Na comparação com o Arrizo 6 , o novo modelo inclui sensor de ponto cego, câmera 360° em alta definição, novo painel de instrumentos totalmente digital em tela LCD colorida de 10,25", multimídia de 10,25" de alta definição com Android Auto e Apple CarPlay.

O conjunto mecânico é exatamente o mesmo do Arrizo 6 : motor 1.5 turbo de 150 cv de potência a 5.500 rpm e 21,4 kgfm de torque a 4.000 rpm. O câmbio automático é do tipo continuamente variável, simulando 9 velocidades.

Como anda?

Sendo um sedã com motor turbo, esperava mais agilidade do Chery Arrizo 6 Pro em rotações baixas. O torque cheio disponível em 4.000 rpm faz o sedã médio ficar devendo em situações urbanas, como saídas de semáforo e subidas. O Chevrolet Cruze Sedan, que também tem motor turbo, entrega seu torque cheio em 2.000 rpm, por exemplo.

É claro que precisamos considerar normas de emissão e consumo. Por mais que o motor 1.5 turbo tenha potencial para entregar mais desempenho, o Arrizo 6 Pro poderia ficar bem mais gastão. Segundo o Inmetro, o sedã pode marcar 6,5 km/l na cidade e 8,2 km/l na estrada com etanol, além de 9,7 km/l na cidade e 11,9 km/l na estrada com gasolina.

Leia Também

Leia Também

Leia Também

Leia Também

Leia Também

Pisando fundo, a Chery divulga que o Arrizo 6 Pro pode atingir 100 km/h em 9,9 segundos, contra 9,1 segundos do Cruze. E de fato, ele se comporta melhor na estrada, quando já está com o ‘giro’ do motor elevado.

A suspensão é McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira. Isso deixa o sedã no mesmo parâmetro do resto da categoria, onde o arranjo multilink é minoria. Os freios a disco são ventilados na dianteira e sólidos na traseira.

O Arrizo 6 Pro é confortável tanto na cidade quanto na estrada. O balanço lateral da suspensão faz a carroceria ‘rolar’ para o lado oposto em curvas mais rápidas, mas garante suavidade na hora de passar por lombadas, buracos e valetas. Na comparação com outros sedãs médios, o Caoa Chery tem um acerto consideravelmente mais macio.

Vai vingar?

Segmento é dominado pelo Toyota Corolla. Neste cenário, sedã da Chery terá vida difícil pela frente
Cauê Lira/iG Carros
Segmento é dominado pelo Toyota Corolla. Neste cenário, sedã da Chery terá vida difícil pela frente

Depende. Como mencionamos anteriormente, a categoria dos sedãs médios está em declínio no Brasil. Mas a Chery considera que o segmento tem bom índice de fidelidade e pretende oferecer mais opções no catálogo. Independentemente de SUVs e sedãs, o verdadeiro objetivo é manter o cliente na marca.

O Arrizo 6 Pro é um produto honesto para matar a saudade da época em que os sedãs médios bombavam no Brasil. Se você pretendia comprar um Citroën C4 Lounge até o início do ano, vale dar uma passada na Caoa Chery para conhecer o novo modelo.

Ficha técnica
Chery Arrizo 6 Pro
Preço:R$ 139.990
Motor: 1.5, turbo, flex
Potência: 150 cv a 5.500 rpm
Torque: 21,4 kgfm a 4.000 rpm
Câmbio: automático, CVT, 9 marchas
Suspensão: McPherson (dianteira), eixo de torção (traseira)
Freios: discos ventilados (dianteira), discos sólidos (traseira)
Pneus: 205/50 R17
Proporções: 4,67 m de comprimento, 1,81 m de largura, 1,49 m de altura e 2,65 m de entre-eixos
Porta-malas: 570 litros
0 a 100 km/h: 9,9 segundos
Vel. Máx: 190 km/h
Consumo: 6,5 km/l na cidade, 8,2 km/l na estrada (etanol), 9,7 km/l na cidade, 11,9 km/l na estrada (gasolina)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários