Moke: marca inglesa é mais uma que aposta suas fichas apenas nos modelos movido a eletricidade daqui em diante
Divulgação
Moke: marca inglesa é mais uma que aposta suas fichas apenas nos modelos movido a eletricidade daqui em diante

Renascido em 2020 através da Moke Internacional , a tradicional fabricante britânica de veículos que se assemelham aos bugues de praia anunciou que se tornará 100% elétrica.

As reservas de seus veículos já podem ser feitas e as primeiras entregas estão programadas para a o primeiro semestre de 2022 na Europa.

A partir de 1º de janeiro de 2022, não será mais possível encomendar Mokes para motores de combustão interna (ICE), tornando a marca o primeiro fabricante legado do mundo a ser totalmente elétrico. Os clientes que desejam adquirir o último desses podem por meio do distribuidor oficial da Moke no Reino Unido, o Hendy Group.

Todos as versões elétricas serão fabricadas no Reino Unido, em uma instalação de última geração operada pelo Grupo Fablink . A empresa está sediada em Northamptonshire, o centro da área automotiva da Grã-Bretanha, e atrai alguns dos mais talentosos profissionais de manufatura, técnicos e de engenharia do setor.

Leia Também

Na verdade, todos os carrinhos serão feitos à mão por uma equipe de especialistas de uma empresa com experiência no fornecimento de serviços de design, fabricação e engenharia para alguns dos principais fabricantes automotivos do mundo, incluindo Jaguar Land Rover e Morgan .

O novo Moke acelera 55 km/h em apenas 4,5 segundos. A potência máxima de 33Kw é bastante para um veículo que pesa apenas 800 kg. A autonomia é 144 km e o carregamento leva 4 horas no Tipo 2 EU Standard e a velocidade máxima é de 100 km/h.

O novo modelo elétrico da Moke pode ser encomendado com direção à direita ou esquerda. Os preços começam em 29.150 libras esterlinas, ou R$ 220.578 em conversão direta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários