Tamanho do texto

Produção das BMW F 750 GS e F 850 GS se iniciam no último quadrimestre deste ano, entre agosto e dezembro, com chegada às lojas na sequência

BMW F 750 GS e F 850 GS passarão a ser fabricadas no País com a mesma qualidade das unidades feitas na Alemanha
Divulgação
BMW F 750 GS e F 850 GS passarão a ser fabricadas no País com a mesma qualidade das unidades feitas na Alemanha

As BMW F 750 GS e F 850 GS, as substitutas das das F 700 GS e F 800 GS, iniciarão a produção na fábrica de Manaus (AM). Para isso, tanto a planta quanto os funcionários estão em processo de atualização, uma vez que ambos os projetos contam com novas tecnologias. Segundo a BMW Motorrad, a produção se inicia no último quadrimestre deste ano, ou seja, entre agosto e dezembro, com chegada às lojas em seguida.

LEIA MAIS: BMW inicia a produção da motocicleta aventureira G 310 GS, em Manaus

As BMW F 750 GS e F 850 GS foram apresentadas no final de 2017 na Europa, e têm como destaque a presença do novo motor de 853 cc, que mantém a configuração de dois cilindros paralelos). Assim, o torque promete se manifestar mais  em baixas rotações. No total são 95 cv 850 e 76 cv na 750, embora o motor seja o mesmo de 850cc.

LEIA MAIS: Kawasaki Z800 vai bem em qualquer situação: seja na pista

Além disso, o projeto leva dois eixos de equilíbrio, para reduzir a vibração durante o funcionamento, bem como uma embreagem assistida para deixar o acelerador mais leve. Enquanto isso, o câmbio segue de 6 marchas.

LEIA MAIS: Honda CB 250 Twister é a moto que menos deprecia, de acordo com estudo

Novidades na estrutura

O quadro das duas motos é novo, agora com maior rigidez, principalmente no compartimento do motor. Além disso, traz suspensão e eletrônica, que exige a homologação de novos 14 fornecedores locais para a produção das novas motocicletas na fábrica em Manaus (AM).

LEIA MAIS: Desvalorização: Veja as motos que menos depreciam no mercado do País

Na 850, a suspensão tem bengalas invertidas na dianteira e a roda é de aro 21 polegadas na frente, enquanto a 750 usa garfo convencional e rodas aro 19 polegadas, para uso mais urbano. Com origens nas motos trail com pegada off-road , as duas GS prometem um equilíbrio entre dirigibilidades fora de estrada com o uso nas cidades. Por fim, ambas vem com rodas de aro 17 polegadas na traseira.

LEIA MAIS: Yamaha apresenta a linha 2018 do scooter NMax 160 ABS

A estreia da nova motocicleta na linha BMW exigiu investimento e organização da marca alemã para sua fábrica, uma vez que agora passa a produzir 13 modelos diferentes no total. Inaugurada em outubro de 2017, a linha de montagem recebeu R$ 57,3 milhões em investimentos e, agora, tem capacidade de produção para 10 mil motos por ano e mais de 170 funcionários. Há um total de 45 fornecedores que atendem a fábrica.

LEIA MAIS: Kawasaki Ninja 1000 é o modelo esportivo da marca ideal para as viagens

“Com nossa estratégia de crescimento global, reforçamos nossa presença em mercados emergentes como o Brasil. Nesse contexto, a G 310 R e as BMW F 750 GS e 850 GS desempenharão um papel fundamental na atração de novos públicos para a BMW Motorrad", comenta Stephan Schaller, Presidente da BMW Motorrad globalmente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.