Tamanho do texto

Trata-se do primeiro modelo de uma nova família de motocicletas da marca norte-americana. Veja os detalhes

Harley-Davidson LiveWire é a primeira moto elétrica da marca. Versões, autonomia e desempenho não foram revelados
Divulgação
Harley-Davidson LiveWire é a primeira moto elétrica da marca. Versões, autonomia e desempenho não foram revelados

Eis a LiveWire, primeira moto elétrica da Harley-Davidson. O modelo foi apresentado durante as comemorações dos 115 anos da emblemática marca americana de motocicletas, e está confirmada para chegar ao mercado ainda em 2019. Vale lembrar que a primeira vez que o modelo viu a luz do dia foi em 2014, ainda na forma de conceito.

LEIA MAIS: Honda lança a linha 2019 da CG com novidades. Confira!

O modelo conta com estrutura em alumínio, freios brembo e suspensão Showa, com garfos invertidos e monoshock traseiro. Cabos se escondem sob o assento, permitindo que o modelo seja carregado diretamente em uma tomada ou estação de recarga. Outro detalhe interessante na primeira moto elétrica da Harley-Davidson é a tela colorida em TFT, com conectividade Bluetooth (permitindo reprodução de músicas e chamadas telefónicas), funções de navegação e computador de bordo.

LEIA MAIS: Conheça 10 versões customizadas das motos Royal Enfield

Até o momento, a Harley ainda não revelou qualquer informação sobre potência, autonomia ou preço. A LiveWire foi concebida no Centro de Desenvolvimento de Produto da marca, em Wisconsin (EUA), e sua produção terá sede em York, na Pensilvânia. A Harley pretende intensificar os investimentos em modelos elétricos nos próximos anos com a apresentação de uma gama completa de produtos. A LiveWire é a primeira de uma família que surgirá.

A moto elétrica brasileira

Moto elétrica brasileira deve fazer sucesso em corporações e ambientes esportivos
Divulgação
Moto elétrica brasileira deve fazer sucesso em corporações e ambientes esportivos

Motocicletas elétricas parecem distantes da realidade do Brasil, mas não estão. Tanto que a startup brasileira MUUV Electric Motors lançou um modelo com bateria de lítio e 50 km de autonomia por R$ 9 mil. Ela suporta o peso máximo de 150 kg.

LEIA MAIS: Veja quais são os scooters mais vendidos do Brasil

A marca acredita que o modelo terá grande sucesso em esportes como Golf e Surf, devido aos suportes que facilitam o transportes de taqueiras e pranchas. Além disso, ela também poderá se destacar no ambiente corporativo, em empresas de segurança e prestação de serviços em geral.

A moto elétrica tupiniquim conta com farol de LED, opções de cores e customizações, retrovisores, bagageiros, som via bluetooth, freios a disco nas duas rodas e suspensão dianteira e traseira. Devido aos pneus largos, apresenta ótimo desempenho em gramados, estradas de terra, asfalto e até na areia, segundo a fabricante. Se a consagrada Harley-Davidson lançou sua primeira moto elétrica nesta semana, o modelo brasileiro chegou com meses de antecedência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.