Tamanho do texto

Can-Am disse que mais detalhes do Spyder serão revelados no SP Boat Show. Além disso, duas motos e dois triciclos elétricos aparecem em imagens

Can-Am arrow-options
Divulgação
Can-Am Spyder surge totalmente renovado, com design mais futurista e dianteira menos protuberante

A BRP — fabricante dos triciclos Can-Am — revelou quatro novos conceitos elétricos, que serão lançados em 2020. O primeiro deles é o Ryker, de três rodas, além de duas motocicletas — um scooter (CT1) e uma trail (CT2) — e o conhecido Spyder (foto). Novidades têm como objetivo oferecer a experiência da força instantânea ao acelerar.

LEIA MAIS: Polaris lança pequeno 4x4 com motor turbo, de 170 cavalos, e câmbio automático

Na imagem acima, é possível notar que a nova geração do triciclo Can-Am  Spyder agrega ares futuristas, com design de faróis, pára-lamas e linhas totalmente novas. A roda traseira também não possui mais os braços estruturais do modelo atual. Para a variante a combustão, que terá grade dianteira, ela deverá ser bem menor, tal como as entradas de ar.

Can-Am arrow-options
Divulgação
Eis o conceito TWeLVE — abreviação de "Veículo com inclinação elétrica de três rodas"

Conforme apurou a redação do iG Carros, a linha 2020 do Spyder chegará, a princípio, no primeiro semestre do ano que vem, com uma série de novidades a serem divulgados pela matriz estrangeira no São Paulo Boat Show (entre 19 e 24 de setembro). Quanto aos Can-Am elétricos, a franquia brasileira ainda não obteve confirmações de que virão ou não, mas acreditam que vão divulgar informações no evento do mesmo modo.

LEIA MAIS: Yamaha revela veículo elétrico que mistura de scooter, triciclo e patinete

As outras novidades

Can-Am arrow-options
Divulgação
As novas motos elétricas. Um scooter e a trail. A BRP deseja se inserir no novo nicho de mercado

Dividindo espaço com os modelos a combustão, os novos triciclos — que inclui o novo TWeLVE, que terá rodas retráteis — e motos elétricas  terão visual bem característico dos modelos EV. Com exceção ao Spyder — que terá como cor padrão a carenagem preta com o amarelo esverdeado — os demais são majoritariamente brancos, com a cor preta nas áreas opostas à carenagem, além do mesmo amarelo para os acabamentos — como moldura dos faróis, costura dos assentos, capa da mola e faixa das rodas. Entretanto, as especificações técnicas ainda não foram divulgadas.

LEIA MAIS: Confira os 5 próximos lançamentos das motos 2020 mais em conta

Segundo a BRP estrangeira, os modelos já foram testados nas ruas de Madri, Paris, São Francisco e Montreal. Com isso, estão a um passo de concluir a fase de testes e iniciar o projeto dos modelos definitivos. Quanto aos preços, é possível estimar com mais precisão para os Can-Am Spyder 2020. Na linha 2018, eram cobrados R$ 99.990 pela versão padrão Sport Cruising e R$ 132.990 pela Touring. Logo, deverão partir de algo em torno dos R$ 110.000.