Tamanho do texto

Com desempenho de esportiva, os destaques da pequena carenada esportiva para 2020 são cores e grafismos inspirados nos modelos de competição

Yamaha arrow-options
Divulgação
Yamaha R15: Pequena esportiva carenada seria a única da categoria no Brasil, na faixa das 150 – 160 cc

A Yamaha R15 acaba de chegar em sua linha 2020 na Índia, com novas cores e grafismos. Agora, vem com rodas de liga leve azuis e esquema de cores de corrida com a mesma cor na carenagem. Com preço de 1,45,300 Rúpias Indianas (R$ 8.484, em conversão direta), a esportiva carenada é da família da R3, vendida no Brasil por R$ 23.990. Se viesse ao mercado brasileiro, poderia sair por pouco mais que os R$ 11.190 cobrados pela Fazer 150. Entretanto, questionada pela redação do iG Carros, a Yamaha do Brasil afirma que essa moto não virá.

LEIA MAIS: Yamaha NMax é revelado com novo visual e equipamentos na linha 2020

A moto herda o mesmo design agressivo e esguio, com linhas fortes e pontiagudas, de “irmãs” maiores como a Yamaha R3 , em uma família que ainda tem modelos de 250 cc a 1.000 cc. Por outro lado, os outros componentes da Yamaha R15 seguem inalterados da linha 2019. O motor é o monocilíndrico de 155 cc (o mesmo da nova Yamaha NMax), mas com 18,6 cv e 1,4 kgfm. Isso não é muito menos que os 21,5 cv e 2,1 kgfm da Fazer 250 (R$ 15.990), que pesa 16 kg a mais (137 kg ante 153 kg).

LEIA MAIS: Yamaha MT-125 é revelada e se torna a esportiva mais em conta, abaixo da MT-03

Mais equipamentos

Yamaha arrow-options
Divulgação
Painel é totalmente digital e mostra os dados de forma que o piloto interprete com facilidade

A lista de equipamentos para um bom desempenho segue. Entre eles, o sistema Assist & Slipper Clutch, visto apenas em motores grandes na Ásia. O recurso auxiliar faz o funcionamento da embreagem mais leve, para que o piloto tenha mais conforto ao operá-la, enquanto a embreagem deslizante faz o câmbio mais suave, principalmente em reduções de marcha em rotações mais altas. Na dianteira a suspensão é do tipo invertida, enquanto a traseira conta com sistema monoshock com ajustes na pré-carga da mola.

LEIA MAIS: Yamaha MT-03 surge renovada e com mais tecnologia para a linha 2021

Entre outros equipamentos, a Yamaha R15 traz luzes dianteiras e traseiras em LED, além painel de instrumentos totalmente digital, inclusive o velocímetro e conta-giros. Já o tanque de combustível tem capacidade para 11 litros, o que deve gerar autonomia na casa dos 350 km, segundo dados do fabricante. Os pneus têm medidas de 100/80 na dianteira e 140/70 na traseira. Nos ‘contras’, vale lembrar a falta dos freios ABS.