Rocket arrow-options
Divulgação
Triumph Rocket R e GT: Todos sabiam que é a moto com maior motor do mundo, mas que era uma das mais velozes, aí é novidade

Revelada No último Salão Duas Rodas, a Triumph Rocket 3 R espantou o público com seu design diferenciado e o seu motor, que é o maior já equipado em uma motocicleta. E, nesse contexto, a marca britânica divulga um vídeo onde sua aceleração de 0-60 mph (0-96 km/h) chega muito próximo à realizada por um Formula 1. Enquanto o carro de corrida mais tecnológico do mundo realiza a “puxada” entre 2,5 3 2,7 segundos, a moto fez em exatos 2,72 segundos. A versão levada para a pista, segundo a Triumph, é uma versão de pré-produção, mas teve apenas os retrovisores e o suporte de placa retirados. O teste foi realizado na pista de Cartagena, na Espanha.

LEIA MAIS: Triumph Tiger 900 é revelada com mais aptidão e modernidade que a 800

Prevista para chegar ao Brasil ainda no primeiro semestre de 2020, é vendida na Europa em duas versões: a R e a GT. Ambas as versões da nova Triumph Rocket 3 utilizam o motor de 2.500 cm³, que estreou na Rocket 3 TFC ( Triumph Custom Factory), mas dessa vez com 167 cv e 22,53 kgfm. Além disso, está 40 kg mais leve do que a versão anterior. Somente no chassi, feito de alumínio, a fabricante conseguiu redução de 22 kg.

LEIA MAIS:Triumph oferece descontos especiais para a família das clássicas

Partindo para os itens estruturas — que também conferem um status de moto esportiva — estão os freios Brembo e a suspensão Showa. Os primeiros são dois discos de 320 mm, da Brembo, com pinças monobloco com quatro pistões. Atrás vai um disco simples de 300 mm, também da Brembo e com um pistão. Quanto à suspensão, traz 47 mm de diâmetro e 120 mm de curso na frente, e 107 mm de curso atrás. Ambas possuem ajustes de compressão, retorno e pré-carga.

Mais equipamentos e particularidades

Triumph arrow-options
Divulgação
Seu visual é diferenciado e remete a esportividade. É focada tanto na proposta estradeira quanto na tocada esportiva

Quanto aos equipamentos, o condutor pode contar com um novo sistema ABS atuante em curvas, além de controle de tração que leva em consideração a inclinação da moto. Além disso, o também novo acelerador eletrônico traz quatro os modos de pilotagem: Road, Rain, Sport e User (“Normal”, “Chuva”, “Sport” e “Personalizado, respectivamente). O painel em TFT, por sua vez, serve para verificar as funções e os dados de viagem. Além disso, tal como o que acaba de chegar à Street Scrambler 1200 ao Brasil, possui recurso de filmagem através de uma câmera GoPro. Entre outros itens, destacam-se os assistentes em subidas e piloto automático.

LEIA MAIS: Novas Triumph aparecem no próximo filme de 007, que estreia em abril

Não são muitas as diferenças entre as duas versões disponíveis R e GT. A Rocket 3 R é pensada para ser mais esportiva, com uma melhor ergonomia para a proposta, a partir das pedaleiras mais recuadas e guidão mais avançado. Já a Triumph Rocket 3 GT conta com uma posição de pilotagem mais relaxada, com pedaleiras avançadas e guidão recuado, entretanto, com assento 23 mm mais baixo. Além disso, os grafismos diferenciados, apoio para o garupa e as manoplas aquecidas complementam os pequenos diferenciais.

    Veja Também

      Mostrar mais