Honda Elite 125 ganha atualizações para a linha 2022 e já registra boa aceitação pelo público no mercado brasileiro
Divulgação
Honda Elite 125 ganha atualizações para a linha 2022 e já registra boa aceitação pelo público no mercado brasileiro

Novembro foi um mês bem animador para o setor das duas rodas. Foram 106.500 unidades vendidas no mês passado, um crescimento de 9,77% na comparação com o que foi registrado em outubro (97.020 unidades). Acima de tudo, notamos concentração dessa alta no segmento dos scooteres.

O modelo Yamaha NMax 160  teve alta de 138% nas vendas, enquanto o NEO 125 cresce 100,2%. O destaque mesmo ficou para o  XMax , o "irmão maior" da linha de scooteres, com alta de 228,5%. O modelo de entrada volta a ocupar a 4ª colocação entre os scooteres mais vendidos. O destaque geral vai para o  Honda Elite 125 , que é o scooter mais em conta do mercado brasileiro.

Agora líder de mercado, o Honda Elite 125 chega com mudanças com a introdução da linha 2022, introduzida no final de outubro, e já mostra a aceitação do público. Com isso ela superou o  PCX , modelo que ainda lidera as vendas no acumulado do ano — e que sempre se mantem como a líder invicta do segmento — além de ser modelo com maior liquidez de mercado entre os  seminovos.

Para quem está de olho nas novas tendências, acaba de aparecer no top 10 o Voltz EV1 , 100% elétrico, ainda que o volume de vendas ainda seja baixo no Brasil. Mas é interessante acompanhar esse segmento, que só promete crescer cada vez mais

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários