Tamanho do texto

SUV chegará ao País em meados de 2018. E poderá ser fabricado no Complexo Industrial de Araquari (SC). Saiba mais detalhes da novidade

BMW X2 com suas linhas da versão que será produzida em série camufladas pela pintura especial
Divulgação
BMW X2 com suas linhas da versão que será produzida em série camufladas pela pintura especial

Estamos bem próximos de conhecer o novo BMW X2, que será mostrado no Salão de Frankfurt (Alemanha), em meados do mês que vem. Mas para matar um pouco da curiosidade, a marca da Baviera revela algumas fotos do novo SUV que estará no Brasil em 2018. É a primeira vez que a BMW, que jamais negou o caráter urbano do X2, usa qualquer referência aventureira para a divulgação de um SUV

LEIA MAIS:  BMW M2 Coupé é brinquedo de gente grande. Confira a avaliação.

É claro que as imagens do carro camuflado não permitem que vejamos todos os detalhes do novo SUV mas as características de sua carroceria são mais que evidentes. Se você gostou do conceito X2 que a BMW apresentou durante o Salão de Paris (França) no ano passado, eis uma boa notícia. A marca preservou as linhas do protótipo, com design fortemente inspirado no irmão menor, o X1. Mas podemos perceber um carro bem mais parrudo e robusto, com parachoque demarcado por linhas musculosas e caráter atlético. Os olhos mais atentos também perceberão que o BMW X2 inverteu o tradicional design da grade dianteira bipartida.

O X2 será montado na mesma plataforma UKL que já é utilizada no X1. Ou seja, o modelo terá tração dianteira, pelo menos nas versões básicas. E rumores recentes indicam que teremos uma nova gama de motores turbo de três e quatro cilindros. Alguns deles compartilhados com a Mini.

LEIA MAIS: Salão de Frankfurt! Nova receita do BMW M5 inclui tração integral e quase 600 cv.

O modelo europeu será fabricado em Regensburg, na Alemanha. E há grandes chances do X2 dividir a linha de produção da BMW do Brasil com os irmãos X1, X3 e X4 na fábrica de Araquari (SC). Vazamentos recentes de uma possível patente do X2 aguçam mais ainda os sinais de que teremos um novo BMW nacional no próximo ano. A marca, entretanto, não divulga nada.

Nacionalização

O primeiro modelo nacional da BMW a ser concebido no Brasil foi o sedã 320i ActiveFlex, sendo também o primeiro carro flex da marca alemã. Hoje, a lista de veículos nacionais inclui versões do hatch Série 1, o sedã Série 3 e os SUVs X1, X3 e  X4. A nacionalização, todavia, não tem refletido no preço dos carros da BMW por aqui. O X4, por exemplo, entrou para a nossa lista dos cinco carros com preços mais absurdos no Brasil. Apenas bancos, chicote elétrico, pneus e alguns ítens do motor são de produção nacional.

LEIA MAIS: Confira cinco carros com preços mais absurdos vendidos no Brasil

A BMW vem trabalhando para reduzir ao máximo a dependência de peças europeias e norte-americanas. Em uma entrevista ao jornal Valor Econômico, Ian Roberston, gerente de vendas e marketing da BMW, informou que a empresa pretende depender cada vez menos da cotação do câmbio. A chave será aumentar o índice de nacionalização dos modelos fabricados em Araquari (SC), com mais peças de origem nacional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.