Tamanho do texto

Sedã chegará ao Brasil no segundo semestre, importado do México, para brigar com Toyota Corolla, Honda Civic, GM Cruze e companhia

VW Jetta: nova geração do sedã fica mais sofisticada e eficiente com a nova plataforma MQB, a mesma do Golf
Divulgação
VW Jetta: nova geração do sedã fica mais sofisticada e eficiente com a nova plataforma MQB, a mesma do Golf

A Volkswagen mostra oficialmente a nova geração do sedã VW Jetta no Salão de Detroit (EUA), que abre suas portas para a imprensa hoje (15). O carro recebe a plataforma MQB e uma série de outras novidades para ganhar apelo diante dos fortes rivais, entre os quais Toyota Corolla, Honda Civic, Chevrolet Cruze, entre outros. No Brasil, deverá chegar no segundo semestre, vindo do México. 

LEIA MAIS: Volkswagen revela esboço da nova geração do  sedã médio Jetta

Na comparação com o VW Jetta anterior, o novo tem estilo mais arrojado, com uma pitada de esportividade. Tem entre-eixos maior, o que contribui com o espaço interno. Além disso, o carro ficou mais leve e eficiente, com menor consumo de combustível, de acordo com as primeiras informações da fabricante, que ainda ressalta a dose extra de sofisticação com conta de detalhes como o quadro de instrumentos digital e configurável nas versões mais equipadas, assim como no Polo.

O novo desenho do Jetta se destaca pelo perfil que lembra o de um cupê e os novos conjuntos de faróis e lanternas com LED no lugar de lâmpadas. O capô mais abaulado é outro ponto a ser destacado, assim como a frente com linhas inspiradas nas do sedã topo de linha da Volkswagen, o Arteon. Entretanto, o porta-malas continua com os mesmos bons 510 litros.

LEIA MAIS: Novo VW Polo: como anda o hatch premium com motor 1.0 turbo

Mais capricho

 O que também evolui no novo Jetta é a qualidade do acabamento interno, bem como o ambiente mais arrojado. Agora há saídas de ar trapezoidais, central multimídia de última geração, com tela sensível ao toque e compatível com Apple Car Plau e Android Auto. Tudo lembra bastante o Polo com a diferença dos filetes de luz que decoram o painel, as laterais das portas e o porta-objetos central.

Além do painel parecido com o do Polo, o novo Jetta ficou mais espaçoso e sofisticado
André Jalonetsky/iG
Além do painel parecido com o do Polo, o novo Jetta ficou mais espaçoso e sofisticado

Pelo o que a reportagem de iG Carros (que está no Salão de Detroit) conseguiu notar no interior do novo VW Jetta, o carro ficou com mais espaço tanto para cabeça quanto para os joelhos de quem for sentado no banco traseiro. E o nível de segurança melhorou com a possibilidade de ter sistema de frenagem de emergência, alertas para colisão iminente, de ponto cego e mudança indevida de faixa , além de controle de cruzeiro  (“piloto automático” ) adaptativo.

LEIA MAIS: Volkswagen Jetta aparece renovado em teaser. Chega ao Brasil em 2018

No conjunto mecânico, pelo menos por enquanto, os motores do VW Jetta continuam os mesmos disponíveis anteriormente, mas o câmbio automático passou de seis para oito marchas.  Mais detalhes serão divulgados numa data mais próxima da chegada do carro às lojas, tanto nos EUA quanto no Brasil, no segundo semestre. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.