Tamanho do texto

Sedã ainda não foi confirmado no Brasil ao contrário dos modelos Rio, Stinger, Picanto e Stonic, que devem chegar ao País ao longo de 2018

Kia Cerato: nova geração ganha apelo esportivo e se aproxima do
Newspress
Kia Cerato: nova geração ganha apelo esportivo e se aproxima do "irmão maior" Stinger em estilo e tamanho

Entre os lançamentos do Salão de Detroit, destaca-se também a nova geração do sedã Kia Cerato, modelo que vem sendo vendido no Brasil desde 2004, mas que ainda não teve a importação da nova linha confirmada para o País, como parte da leva de novidades da marca que vai desembarcar por aqui, da qual estão confirmados os modelos Rio, Stinger, Picanto e Stonic.  Nos Estados Unidos, as vendas do novo Cerato começam apenas no fim do ano.

LEIA MAIS: Kia promete novo Picanto, Rio e SUV compacto no Brasil em 2018

 De qualquer forma, o novo  Kia Cerato  apresentado no evento americano se mostra mais confortável que o antecessor e com visual mais arrojado, tanto por dentro quanto por fora. Além disso, promete maior economia de combustível e dose extra de sofisticação por conta de uma lista bem recheada de equipamentos.

O comprimento ficou 8,1 centímetros maior, chegando nos 4,64 m, o que contribuiu com o espaço interno e deixou o carro com ares de fastback , aproximando-se do esportivo Stinger, mas sem tanto arrojo. A altura também aumentou (1,3 cm) e atingiu 1,44 m e a largura agora é de 1,78 m.  

LEIA MAIS: Kia Stonic vira aposta da marca para os SUVs compactos

Por dentro, o painel também segui o estilo adotado no Stinger e conta com tela sensível ao toque, de 8 polegadas, do sistema multimídia compatível com Apple Car Play e Android Auto, capaz de ler mensagens SMS do celular por meio de conexão Bluetooth. Há também recarga sem fio, compatível com alguns aparelhos como iPhone 8 e X.

Mais detalhes do novo Cerato

Entre os itens sofisticados do novo Cerato, destaca-se o som de alta-fidelidade, com 320 watts de potência, feito pela Harman Kardon. Além disso, o carro pode ter alertas de ponto cego e de mudança indevida de faixa, bem como sistema de assistencia para colisão iminente e controlador de cruzeiro (“piloto automático”) adaptativo, que mantém uma distância programada do carro que segue a frente. 

No conjunto mecânico, o Kia Cerato pode vir com a segunda geração do motor 2.0, de147 cv, de ciclo Atkinson e com refrigeração do tipo EGR, tudo para ajudar na economia de combustível. Pode funcionar com câmbio manua de seis  marchas ou automático CVT. De acordo com os números da fabricante, o sedã faz uma média de 14,9 km/l de gasolina americana, com apenas 5% de etanol, considerando consumo misto (cidade e estrada).

LEIA MAIS: Kia revela sedã esportivo de verdade para brigar com Mercedes, Audi e BMW

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.