Tamanho do texto

Novidade recebeu melhorias na aerodinâmica, motor da versão semi-pista Performante e, com novo visual, garante ainda mais agressividade

Lamborghini Huracán EVO: A novidade do Salão de Detroit 2019 pode sugerir que o modelo passou da meia idade
Divulgação
Lamborghini Huracán EVO: A novidade do Salão de Detroit 2019 pode sugerir que o modelo passou da meia idade

O Lamborghini Huracán EVO 2019 é revelado no Salão de Detroit 2019 (EUA). Baseado na versão Performante, o superesportivo chega com um retoques no desenho que o torna mais chamativo e atualizações que o deixam mais rápido. O motor é o mesmo da configuração semi-pista, ou seja, vem com um 5.2 V10 aspirado de 640 cv e 61,2 kgfm, que trabalha com câmbio de dupla embreagem e sete marchas. Mais rápido do que o Huracán convencional, o EVO precisa apenas de 2,9 segundos para chegar aos 100 km/h, abaixo da marca mágica dos 3 segundos. Com isso, é capaz de acelerar até a máxima de 325 km/h.

LEIA MAIS: É revelado o Lamborghini Aventador SVJ, o mais rápido em Nürburgring

O visual também ficou mais invocado, com a dianteira e a traseira mais agressivas. Além das atualizações no visual, melhorou a aerodinâmica, com mudanças nos para-choques, tomadas de ar e spoiler. Repleto de vincos, o superesportivo do Salão de Detroit 2019 continua com as mesmas dimensões de carroceria, mas estreia a cor laranja “Arancio Xanto”. Para completar o pacote de esportividade, as exclusivas rodas de 20 polegadas Aesir calçam pneus Pirelli P Zero.

Tecnologia ítalo-germânica no Salão de Detroit 2019

Interior do supercarro do Salão de Detroit 2019 é pensado para uma postura que favorece  a direção esportiva
Divulgação
Interior do supercarro do Salão de Detroit 2019 é pensado para uma postura que favorece a direção esportiva

Para atingir um comportamento mais dinâmico, além da suspensão adaptativa, há ainda um recurso eletrônico batizado de "Lamborghini Dinamica Veicolo Integrata" (LDVI), que é um novo controlador de sistemas dinâmicos. A função atua com o eixo traseiro esterçante e com a vetorização de torque, capaz de acionar o freio individualmente em cada roda e repassar a força para onde ela é desejada. Segundo a Lamborghini, ele é capaz de prever a ação dos pilotos baseando-se na posição do volante, dos pedais e em acelerômetros espalhados pelo carro.

LEIA MAIS: Toyota Supra é revelado pela marca sem disfarces após vazamento de imagens

Como já é tradicional nos carros da marca, o Lamborghini Huracán EVO  tem três modos de condução que modificam o comportamento do veículo. No modo “Strada”, a tocada é ágil, porém suavizada para proporcionar prazer em condições urbanas, por exemplo. Em “Sport” o carro fica mais divertido e um pouco mais permissivo. E na configuração “Corsa”, o EVO fica mais afiado, reativo e é destinado para ambientes controlados, como um autódromo.

No interior, há sistema multimídia com tela sensível ao toque de 8,4 polegadas, que se parece com um tablet e se estende por todo o console central. A tela traz todas as funções de entretenimento, além de ser compatível com Apple CarPlay e informar dados sobre o supercarro .  Também possível regular assentos, ar-condicionado e navegar pelo sistema de áudio. Além disso, traz as funções por comandos de voz da Siri (Apple). Por fim, como opcional, conta com telemetria e duas câmeras que registram e analisam o desempenho do carro em pistas de corrida.

LEIA MAIS: Salão de Detroit fará a estreia do Subaru WRX STI S209, de edição limitada

Os primeiros felizardos e endinheirados clientes receberão o novo Lamborghini do Salão de Detroit 2019 no primeiro trimestre de 2019. Na Europa, será vendido por 184.034 euros, aproximadamente R$ 684 mil, sem as taxas de importação. Vale lembrar que o Huracán mais em conta custa R$ 2,2 milhões no Brasil. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.