Tamanho do texto

Com novo composto até 80 kg mais leve que os usados nas blindagens convencionais, novidade pod ser solução para supercarros

Ford ano 51 no Salão do Automóvel 2018, de Tarso Marques, recebe a blindagem mais leve, para ilustrar sua aplicação
Divulgação
Ford ano 51 no Salão do Automóvel 2018, de Tarso Marques, recebe a blindagem mais leve, para ilustrar sua aplicação

Um exótico Mercury 51 blindado chama atenção no Salão do Automóvel 2018. O carro foi trazido pelo ex-piloto de F1, Tarso Marques, que detém com exclusividade o poder de comercialização mundial de um novo composto balístico. Segundo ele, trata-se do mais leve e resistente do mercado, o que faz com que seja o material mais adequado para o segmento dos veículos superesportivos.

LEIA MAIS: Veja 10 carros mais caros e potentes do Salão do Automóvel 2018

Segundo Tarso Marques, a principal vantagem do TMC UDura Black do Salão do Automóvel 2018 é a redução significativa do peso da blindagem na comparação com os outros produtos do mercado, o que melhora o comportamento dinâmico e a dirigibilidade. O conjunto TMC UDura Black ainda é equipado com vidros da marca Trinity, de 18,5 milímetros, que não delaminam e ainda oferecem transparência, coloração e estética.

LEIA MAIS: Veja 5 carros que ninguém esperava que estariam no Salão do Automóvel 2018

O TMC UDura Black foi idealizado a partir de uma tecnologia  desenvolvida pela fabricante brasileira de blindagens SER Company. “O UDura é a principal inovação tecnológica do mercado de blindagens e substituirá o método tradicional nas próximas décadas, porque é mais seguro e mais fácil de instalar”, afirma Fábio Santos, diretor-comercial da SER Company. “A redução do peso deve-se em grande parte pela substituição do aço inoxidável por um composto mais leve e mais resistente”.

Um clássico chamativo no Salão do Automóvel 2018

Mercury 51 blindado é um dos carros curiosos que estão no Salão do Automóvel 2018
Divulgação
Mercury 51 blindado é um dos carros curiosos que estão no Salão do Automóvel 2018

O TMC UDura Black pode reduzir o peso da blindagem de 50kg a 80kg, dependendo do modelo. Além disso, segundo a empresa, o produto também é nove vezes mais resistente que os outros materiais disponíveis no mercado. Outro diferencial oferecido pelo TMC UDura Black é o prazo de 10 anos de garantia, o dobro de seus concorrentes.

LEIA MAIS: Veja vídeo de 5 carros híbridos e elétricos do Salão do Automóvel 2018

Em vez da manta balística convencional, a blindagem TMC UDura Black utiliza um composto não-tecido fabricado a partir da tecnologia unidirecional, por meio de um processo de fusão de componentes em alta temperatura. Esse compósito não-tecido dissipa melhor a energia no momento do impacto balístico, garantindo a máxima proteção e performance superior quando comparada aos outros materiais do mercado. Isso se traduz em mais segurança, longevidade e leveza ao veículo blindado .

O composto é aplicado por meio de peças auto encaixáveis, a partir de moldes em 3D projetados para cada tipo de veículo, e por meio de um processo de manuseio inovador, que foi desenvolvido para garantir uma instalação à prova de erro, trazendo ainda mais confiabilidade. O nível de proteção do TMC UDura Black é o III-A, máximo permitido por lei para uso civil no Brasil, que deve suportar disparos de submetralhadoras 9mm e pistolas Magnum de calibre 44. O produto do Salão do Automóvel 2018 é homologado pelo Exército Brasileiro e pelo laboratório HP White, um dos mais respeitados do mundo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.