Tamanho do texto

Sedã começará a ser vendido no Brasil a partir da segunda quinzena do mês, com uma série de mudanças no desenho e no pacote de equipamentos

Toyota Corolla renovado já está no pátio das concessionárias, à espera do lançamento oficial, na segunda quinzena do mês
Reprodução/Ferd
Toyota Corolla renovado já está no pátio das concessionárias, à espera do lançamento oficial, na segunda quinzena do mês

As primeiras unidades da versão renovada do Toyota Corolla já começaram a chegar às concessionárias no Brasil, mas ainda não foram para o showroom. Isso porque o carro ainda não foi lançado oficialmente, o que vai acontecer na segunda quinzena do mês. Pelo o que mostra a imagem acima, da página do Ferd no Facebook , a novidade já está no pátio de uma loja, junto com algumas unidades do Etios.

LEIA MAIS: Veja 5 lançamentos de carros que acontecem até o fim do mês

Entre as mudanças que serão adotadas no Corolla destaca-se o desenho renovado, o que vai deixar o modelo com aspecto mais moderno. As diferenças poderão ser encontradas na  na frente do carro, com a grade mais fina e os faróis mais longos com LEDs no lugar das lâmpadas convencionais. As rodas tem novo desenho e estão disponíveis nas versões de 16” e 17”, de liga leve.

A lista de equipamentos também ficará mais caprichada e passará a contar, finalmente, com controle eletrônico de estabilidade, item que os concorrentes do segmento de sedãs médios já têm e será obrigatório na Argentina a partir do ano que vem. Entretanto, a versão vendida no Brasil não será tão sofisticada quanto a disponível na Europa, onde o carro pode ter alerta de saída de faixa, assistente de leitura de placas, farol alto automático e detector de colisões.

LEIA MAIS: Toyota Corolla renovado aparece no Brasil em versão com apelo esportivo

Mas a parte mercânica não deverá receber alterações. Portanto, continuará a ser oferecido o motor 1.8 Dual VVT-i de 114 cv e 18,6 kgfm, com etanol, usado nas configurações básicas. Os modelos mais caros usam o 2.0 Dual VVT-i de 153 cv e 20,7 kgfm, também com biocombustível. Como já acontece no modelo 2017, o Corolla 2018 deve continuar uma versão com câmbio manual, vindo equipado apenas com a transmissão CVT que simula sete marchas. 

Líder entre os sedãs médios

Para a Toyota, o atraso de quase um ano para lançar a verão reestilizada do Corolla não é nenhum problema. O sedã fechou 2016 com 64.738 veículos emplacados, o 5º carro mais vendido no ano, mais de três vezes as 20.857 unidades do Honda Civic. Tudo indica que continuará bom de loja, já que nos dois primeiros meses de 2017 também lidera as vendas do segmento, com 7483 unidades, ante 4.458 unidades do Honda Civic, o segundo colocado e as 1.965 do Chevrolet Cruze, o terceiro.

LEIA MAIS: Toyota investe para produzir motores do novo Corolla no Brasil em 2019

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.