Tamanho do texto

Hatch começará a ser vendido no início do mês que vem. Unidade flagrada faz parte de série especial de mil carros

Fiat Argo Openning Edition é fotografado antes de ser apresentado oficialmente, na semana que vem
Filipe Morales/Autos Segredos
Fiat Argo Openning Edition é fotografado antes de ser apresentado oficialmente, na semana que vem

A Fiat já começa a ter algumas unidades do hatch compacto Argo circulando sem nenhum disfarce antes mesmo do carro ser lançado oficialmente, o que vai acontecer na semana que vem. Um das unidades do Fiat Argo vistas por aí é a que aparece na imagem acima, pintada de azul e com detalhes num tom de vermelho que pende para o rosa. Trata-se de um dos mil carros que vão ser fabricados como parte da série especial “Opening Editon”, de acordo com o site Autos Segredos.

LEIA MAIS: Fiat Argo sofre grave acidente em Minas Gerais, ainda camuflado; confira

O Fiat Argo que aparece na foto deverá contar com detalhes exclusivos, mas uma pegada um pouco menos esportiva que o HGT, cujas primeiras imagens oficiais foram divulgadas pela Fiat na semana passada, junto com um video-teaser que revela detalhes da versão topo de linha do modelo que entrará no lugar de Bravo, Punto e das opções mais equipadas do Palio.

Teaser mostra parte do interior do Fiat Argo topo de linha, com alguns componentes vindos da picape Fiat Toro
Divulgação
Teaser mostra parte do interior do Fiat Argo topo de linha, com alguns componentes vindos da picape Fiat Toro

A ideia da marca italiana na briga com os rivais é de ter espaço interno, estilo arrojado e vários itens de série como os principais atrativos.  Será um carro de volume para tentar recuperar pelo menos parte da boa fatia do mercado que a fabricante veio perdendo nos últimos anos não apenas por causa da forte crise política-econômica que atinge o Brasil, mas também pela falta de modelos de grande apelo frente aos concorrentes.

Mecânica já conhecida 

Para ter sucesso na sua estratégia para melhorar sua situação no mercado, a FCA (Fiat Chrysler Automobiles) teve que tocar um projeto de baixo custo para o Argo. Portanto, uma série de componentes do no hatch já são utilizados em outros carros da marca, mais notadamente na picape Toro, da qual o novo hatch vai herdar desde o volante, passando pelos comandos do ar-condicionado, até chegar ao conjunto mecânico, com motores e sistemas de transmissão que também já existem.

LEIA MAIS: Sedã do Argo será apresentado pela Fiat no Salão de Buenos Aires (Argentina)

Então, o Argo poderá ser equipado com motor 1.0 Firefly, de três cilindros, que rende 77 cv e 10,9 kgfm de torque ou 1.3, de 101 cv e 14,2 kgfm de torque nas versões que deverão fazer parte da maior proporção do mix de produção. No caso das mais equipadas e com certo apelo esportivo, entra o motor 1.8 E.torqQ EVO, de 139 cv e 19,3 kgfm, já sem o reservatório para partida a frio e que poderá funcionar com câmbio automático de seis marchas.

A partir da plataforma do Fiat Argo, a marca deverá formar uma nova família de modelos que vai ser composta por um sedã e uma picape. O primeiro é conhecido como X6S e terá revelado no Salão de Buenos Aires (Argentina), no início do mês que vem. E o comercial leve ficará um pouco mais para frente, já que teve o cronograma atrasado. Com isso, por enquanto, a fabricante vai optar por mais uma reestilização da Strada, o que implica em menos custos. 

LEIA MAIS:  Fiat adia projeto da nova Strada, que terá apenas mais uma reestilização

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.