Tamanho do texto

Nova família de modelos para países emergentes estará completa até 2022 de acordo com o cronograma da marca francesa

Esboço da Renault Espace, que deverá servir de base para o desenho da nova minivan voltada ao mercado indiano
Divulgação
Esboço da Renault Espace, que deverá servir de base para o desenho da nova minivan voltada ao mercado indiano

A Renault prepara uma nova família de modelos de baixo custo para países emergentes, entre os quais Índia, Rússia, Brasil e China, informa o site da AutoCar Índia. Uma imagem que revela algumas das novidades que a marca vai lançar mostra que, além de uma minivan compacta para o mercado indiano, está previsto um SUV pequeno e até uma versão elétrica do Kwid.

LEIA MAIS: Renault Kwid se mantém atrás do Fiat Mobi no balanço de vendas 

Imagem revela algumas novidades que a Renault terá em países emergentes, entre os quais o Brasil
Divulgação
Imagem revela algumas novidades que a Renault terá em países emergentes, entre os quais o Brasil

 Ainda conforme a publicação, até 2022 a Renault vai usar a mesma base CMF-A do Kwid para fabricar um modelo compacto, para uso familiar, conhecido pelo código RBC. Por enquanto, sabe-se que o desenho arrojado será um dos pontos que mais vão chamar atenção no novo modelo, que também vai se destacar pelo bom nível de segurança por ser projetado para se sair bem nos testes de colisão, apesar da frentre em formato de cunha, comum em minivans. Os planos da marca francesa incluem lançar um produto novo a cada ano nos países emergentes.

Kwid Outsider no Brasil

Renault Kwid Outsider: versão aventureira deve chegar em 2018, com base no protótipo mostrado no São Paulo Expo
Divulgação
Renault Kwid Outsider: versão aventureira deve chegar em 2018, com base no protótipo mostrado no São Paulo Expo

 Já no ano que vem, o Kwid terá uma nova versão, a Outsider, com apelo aventureiro. Trata-se do modelo de produção baseado no protótipo mostrado no Salão do Automóvel, no São Paulo Expo, há um ano. A novidade terá detalhes como proteções emborrachadas nos para-lamas, barras metálicas para ajudar a levar bagagem na capota, faróis e lanternas com lentes escurecidas e anteparos nos para-choques, dando um aspecto mais robusto ao hatch subcompacto.

LEIA MAIS: Renault Kwid enfrenta o rival Fiat Mobi, mas não tem vida fácil

O interior do Kwid Outsider detalhes de plástico colorido, aplicado em itens como moldura do console central, saídas de ar, manopla da alavanca de câmbio e nos raios centrais do volante. Além disso, o tecido dos bancos também contará com desenho diferenciado.

Ainda entre as novidades para a linha Kwid, Renault estuda adotar uma caixa automatizada para o subcompacto. Deverá ser a Easy R, atualmente utilizada nas linhas do Sandero e Logan, que vão ficar um pouco mais caprichados a partir de 2018 com o emprego de uma série de melhorias já adotadas na Europa.  Assim, ambos deverão passar a ter disponível a caixa automática CVT, atualmente oferecida no SUV Duster e que está prestes a poder equipar a picape Oroch. 

LEIA MAIS: Renault Kwid e Jac T40 são SUVs? Entenda o fenômeno da “suvização” dos carros

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.