Tamanho do texto

SUV receberá novos detalhes visuais a partir do ano que vem, mas conjunto mecânico seguirá sem mudanças

Novo BMW X1 renovado é visto camuflado antes do lançamento, em 2019. Mudanças estéticas serão bem discretas
Reprodução/Autohome
Novo BMW X1 renovado é visto camuflado antes do lançamento, em 2019. Mudanças estéticas serão bem discretas

A BMW prepara a versão renovada do utilitário esportivo X1 para 2019 e uma unidade, ainda com disfarces, foi vista na China, como mostram as imagens do site chinês Autohome. As poucas novidades do SUV fazem parte dos retoques visuais que geralmente são adotados no meio do ciclo de vida do modelo para que o novo BMW X1 ganhe apelo no mercado e fique de acordo com o restante da linha. 

LEIA MAIS: MW X3 M40i começa a ser fabricado no País, em Araquari (SC)

Portanto, as alterações no desenho vão deixar o novo BMW X1 com estilo parecido com o da nova geração do X3, do novo X2 e do renovado X4. Na frente, as mudanças começam com os faróis com linhas mais angulares que passarão a ter lâmpadas de LED com formato hexagonal. Além disso, haverá novas entradas de ar e para-choques reestilizados entre as principais diferenças em relação ao modelo atual montado em Araquari (SC).

Assim como na frente, a traseira também receberá apenas retoques, como lanternas e para-choques reestilizados
Reprodução/Autohome
Assim como na frente, a traseira também receberá apenas retoques, como lanternas e para-choques reestilizados

Para completar, o X1 passará a ter disponíveis novos conjuntos de rodas. Na traseira, as lanternas também receberão novos detalhes, entre os quais lentes mais transparentes e luzes reposicionadas, sempre de LED no lugar das lâmpadas convecionais. Por dentro, novo também será o quadro de instrumentos, que passará a ser totalmente digital, entre outros itens. 

Afora os retoques no desenho, o BMW X1 continuará o mesmo. No conjunto mecânico serão mantidos os motores 1.5 e 2.0, ambos turbinados. O primeiro, de três cilindros, de 136 cv, também usado na linha Mini, mas ainda não disponível no Brasil. E o outro é capaz de gerar 192 cv e 28,5 kgfm a meros 1.250 rpm, acoplado ao câmbio automático de oito marchas. Também existe a possibilidade de aparecer uma versão híbrida.

Nova referência

BMW X5: SUV mais antigo da marca, modelo será o modelo que vai estrear a nova geração de equipamentos
Divulgação
BMW X5: SUV mais antigo da marca, modelo será o modelo que vai estrear a nova geração de equipamentos

 O BMW X5 foi o primeiro SUV da marca alemã. E virou a nova referência para os demais utilitários esportivos da fabricante sediada em Munique (Alemanha). A nova geração do X5 será uma das novidades do Salão do Automóvel, no São Paulo Expo, entre 8 e 18 de novembro. E suas linhas ditam a nova identidade visual dos outros SUVs, inclusive o menor deles, o X1.

LEIA MAIS: BMW lança X5 M50d com motor turbodiesel e desempenho de supercarro

Na lista de equipamentos, o novo X5 vem com ar-condicionado de quatro zonas, teto solar panorâmico (30% maior do que o modelo anterior), iluminação interior em LED inclusive para o carpete, sistema de som opcional da Bowers & Wilkins com 20 alto-falantes e 1.500 watt de potência, sistema de entretenimento para passageiros com duas telas de 10,5 polegadas e mais. Vale lembrar que a BMW ainda oferecerá uma terceira fileira de bancos como opcional, a partir do mês de dezembro.

O carro também se destaca pelos itens sofisticados, como controle de cruzeiro adaptativo, oferecido como opcional, capaz não só de acompanhar o trânsito, como também de virar o volante automaticamente em curvas menos acentuadas e mudar a velocidade máxima, de acordo com as placas de trânsito.

LEIA MAIS: BMW X2 é o SUV para aqueles que curtem hatches esportivos

Entre as opções de motor, está disponível o 3.0 turbo, de seis cilindros em linha, que produz 340 cv e acelera de 0 a 100 km/h em 5,5 segundos. Logo acima está o X5 xDrive 50i, com o 4.4 V8 de 462 cv, que reduz o tempo de aceleração para menos de 5 segundos. Ambos trabalham com caixa automática de 8 marchas, conversor de torque e tração integral xDrive, assim como no novo BMW X1.

Fotos: Autohome

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.