Tamanho do texto

Nova geração do sedã vai fazer parte da nova família de carros da GM para países emergentes. Deverá chegar ao Brasil no fim do ano

Nova geração do Chevrolet Prisma é flagrada em testes, ainda camuflada. Deverá chegar às lojas no fim do ano
Leonardo Gomes/ Reprodução
Nova geração do Chevrolet Prisma é flagrada em testes, ainda camuflada. Deverá chegar às lojas no fim do ano

Um apressado sedã foi visto na Rodovia dos Imigrantes, em São Paulo, conforme publicado pelo site Auto Aventura. Apesar da camuflagem que esconde boa parte de suas linhas, podemos ver que se trata da nova geração do Chevrolet Prisma, que está nas etapas finais dos testes, assim como o hatchback Onix. O modelo seguirá os passos do Prisma chinês, com linhas que lembram o Cruze e o Monza do mercado asiático.

LEIA MAIS: Vazam imagens oficiais da nova geração do Chevrolet Tracker

O Chevrolet Prisma da nova geração é feito sobre a plataforma GEM (Global Emerging Market), que servirá de base para boa parte dos veículos da Chevrolet na virada da década em mercados emergentes. Os novos modelos estão sendo desenvolvidos em parceria com a SAIC, braço da GM na China. As lanternas dianteiras ficarão mais afiadas e esportivas, diferentemente do modelo atual que é reconhecido pelos lustres grandes. A grade dianteira também fica maior, sendo cortada apenas por um estreito filete que leva a “gravatinha” da Chevrolet.

Com 4,47 metros de comprimento e 2,61 de entre eixos, fica claro que o objetivo da GM é criar um modelo capaz de brigar com os modelos intermediários, como VW Virtus , Honda City e Fiat Cronos . Na categoria dos sedãs de entrada, é possível que a atual geração do Prisma continue sendo vendida como uma versão Joy. Vale lembrar que a estratégia de manter modelos de baixo custo em linha foi determinante para que a GM fosse líder de mercado em 2018. Dentro dessa estratégia, é possível que o sedã Cobalt deixe de ser oferecido no Brasil. 

LEIA MAIS: Segredo! Nova picape da GM chega em 2020 para concorrer com a Fiat Toro

Mais detalhes do Chevrolet Prisma 2020

Nova geração do Chevrolet Prisma será bem diferente da atual, inclusive, como nova plataforma
Reprodução/Autohome
Nova geração do Chevrolet Prisma será bem diferente da atual, inclusive, como nova plataforma

Ainda entre as novidades da nova geração do Prisma também se destacam os novos motores que vão sair da fábrica de Joinville (SC) a partir do terceiro trimestre do ano que vem. Entre os quais estará o 1.0, de três cilindros, que segue o projeto da Opel, marca alemã que era da GM e agora faz parte da Peugeot-Citroën. A novidade promete ser mais eficiente e moderna que o atual, uma vez que a linha Onix e Prisma tem alguns entre os motores mais defasados do mercado brasileiro. Para se ter uma ideia, trata-se da mesma família de motores que equipou o antigo Corsa.

LEIA MAIS: Flagra! Novo Peugeot 208 é visto em testes, ainda disfarçado

Na China, o novo Chevrolet Prisma será equipado com um 1.0 turbo, de três cilindros, capaz de render 116 cv e 1.3, que também deverá ser triciclíndrico, mas aspirado, de 103 cv. Ainda não se sabe se essas duas versões vão fazer parte das que vão estar disponíveis no Brasil. De qualquer forma, o sedã vai subir de nível, não apenas pelo porte de carro intermediário, mas pelo grau de sofisticação e de equipamentos. Na China, o Chevrolet Prisma da nova geração terá até teto-solar, equipamento que dificilmente aparecerá no modelo brasileiro.

Fonte: Autoaventura

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas