Tamanho do texto

Ante os rivais que pecam no custo-benefício, o novo modelo promete elevar o nível neste segmento do mercado, que pede conforto e tecnologia

Volkswagen Tiguan Allspace 2019: design, conforto e desempenho agradam, principalmente ao considerar seus preços
Divulgação
Volkswagen Tiguan Allspace 2019: design, conforto e desempenho agradam, principalmente ao considerar seus preços

Após quase 9 anos no mercado sem qualquer alteração significativa, o Volkswagen Tiguan se reafirma com a nova geração, que agora recebe o  sobrenome Allspace. A ofensiva da marca alemã no segmento de SUVS- que deve ultrapassar, até o fim do ano, 28% do mercado - está apenas começando e vai incluir outros 4 modelos até 2020, entre os quais o T-Cross, derivado do Polo, previsto para chegar no fim do ano. 

LEIA MAIS: Levamos ao limite o novo Volkswagen Amarok V6 TDI, o Golf GTI das trilhas

O carro é feito sob a plataforma MQB - que equipa até carros como o Volkswagen Polo e o Audi TT - , base que cresceu 185 mm de entre-eixos em relação à geração anterior.   De acordo com a fabricante, isso permitiu que o curso da suspensão fosse aprimorado, e o espaço interno ampliado. Resultado disso é o opcional de 7 lugares para o Volkswagen Tiguan , com 686 litros de capacidade do porta-malas, ou de 5 lugares, com 710 litros.

LEIA MAIS: Volkswagen revela primeiras imagens do SUV Tarek, futuro rival do Jeep Compass

E o desenho do novo Tiguan segue a nova identidade visual da Volkswagen, com a grade integrada aos faróis, que usam LED no lugar de lâmpadas.  Além disso, o carro tem o mesmo estilo que o Atlas, modelo inédito da marca e o maior SUV do portfólio. Na traseira, há lanternas  de formato diferente, mais largas que as do Golf.  O que também chama atenção é que o carro parece uma perua com maior distância livre do solo, por causa da longa traseira da versão de sete lugares.

LEIA MAIS: Por que o Jeep Compass é o carro mais desejado de todos no mercado brasileiro

Além do bom espaço interno, o novo VW Tiguan também supreende pelos preços. Partem de R$ 124.900 - na versão 1.4 TSi Flex comfortline - e chegam aos R$ 179.900, na versão de topo R-Line. Enquanto a primeira tem 150 cv e 25,5 kgfm, a segunda traz 220 cv e 35,7 kgfm, além de tração integral 4Motion. Ambas vêm equipadas com o câmbio de dupla embreagem DSG banhado a óleo, de seis e sete marchas, respectivamente. O desempenho também faz parte dos principais destaques do novo VW Tiguan. De acordo com dados da fabricante, a versão 1.4 TSi vai de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos e a versão 2.0 faz o mesmo em apenas 6,8 segundos. 

LEIA MAIS: Volkswagen confirma lançamento do SUV T-Cross para o começo de 2019

Impressões ao volante

 O que esperava notar, logo de cara, é que, na comparação com o Tiguan anterior, o novo não passaria de um “Golfão”, com diferenças ligadas apenas ao tamanho e alguns equipamentos de série. Entretanto, a nova geração Allspace, com o seu entre-eixos alongado e suspensão bem acertada, o carro transmite bastante conforto e dinâmica refinada, esta similar a de um modelo menor ao contornar as curvas. Os modos de condução (Eco, Normal, Sport e Individual) funcionam de verdade e ajustam o comportamento do carro de acordo com o gosto do freguês. 

O cluster digital segue como um grande atrativo entre os clientes, uma vez que é agradável de olhar e prático de usar
Guilherme Menezes
O cluster digital segue como um grande atrativo entre os clientes, uma vez que é agradável de olhar e prático de usar

Entretanto, se eu tivesse que escolher o que mais me agradou, foram dois quesitos:  a central multimídia fácil de usar e repleta de recursos - como o Apple CarPlay e Android Auto. E o cluster digital e configurável na versão de topo, que vem com ferramentas que facilitam a vida do motorista, como a possibilidade de mostrar o GPS entre os principais instrumentos (velocímetro e contagiros) ou exibir informações como pontos de interesse e os postos de abastecimento mais próximos. 

LEIA MAIS: VW confirma que terá versões automáticas, tanto para Gol quanto para Voyage

Se ao volante o VW Tiguan passa a sensação de praticidade, em outro momento, como passageiro, você usufrui do espaço interno, da comodidade e de recursos como o ar-condicionado de duas zonas, com saída traseira. Há também o teto solar panorâmico (opcional de R$ 4.000) e até  bandejas para quem vai atrás, que oferecem praticidade em caso dos passageiros desejarem comer alguma coisa, apoiar um equipamento eletrônico, ou até jogar videogame. Todo o conjunto faz do Tiguan um bom carro para viagens longas, que podem passar por caminhos de piso irregular, inclusive de terra.

Apesar dos preços bastante competitivos e a própria qualidade do Volkswagen Tiguan Allspace, tão refinado quanto qualquer outros SUV de marcas premium, notei alguns pontos que poderiam ser melhorados o carro.  Começa com o ruído estridente que percebi na versão de topo R-Line, que aparecia quando o motor 2.0 turbo chegava na casa dos 3.000 rpm. Além disso, tal como notei na picape Amarok V6, há uma pequeno atraso nas respostas do acelerador. E  vezes em que o câmbio deveria trocar de marcha e não troca, o que acaba exigindo pisar fundo no acelerador para provocar redução de marcha, o que aumenta bastante o nível de ruído.

LEIA MAIS: Ford Focus modernizado, da nova geração 2019, é mostrado por completo

Veja a seguir os preços e itens de série:

Volkswagen Tiguan Allspace 1.4 250 TSI - R$ 124.900
Sensores de estacionamento, controle de velocidade de cruzeiro, 6 airbags, ar-condicionado com 3 zonas de temperatura, direção elétrica, fixação Isofix, freio de estacionamento eletrônico, lanternas em LED, rodas de liga leve de 17 polegadas, sensor de chuva, start-stop e central multimídia de 8 polegadas. Opcional de 7 lugares

Volkswagen Tiguan Allspace 1.4 250 TSI Comfortline - R$ 149.990

Itens da versão anterior mais bancos de couro e do motorista com ajustes elétricos, detector de fadiga, faróis em LED com lavador, espelho retrovisor antiofuscante, terceira fileira de bancos, rodas de 18 polegadas e câmera de ré. Opcional de 7 lugares

Volkswagen Tiguan Allspace 2.0 350 TSI R-Line - R$ 179.990
Itens da versão anterior mais rodas de 19 polegadas, tração integral, seleção dos modos de condução (Normal, Sport, Eco, Comfort e Individual), acesso e partida sem a necessidade de chave na mão, assistente dinâmico de farol alto, quadro de instrumentos digital, detecção de pedestre, abertura e fechamento automático do porta-malas, sistema automático de estacionamento e controle de velocidade de cruzeiro adaptativo. Opcional de 7 lugares e teto solar panorâmico (R$ 4.000).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.