Chevrolet Onix Plus 2021: versão Premier vem com rodas de aro 16, grade cromada e sensores nos para-choques
Divulgação
Chevrolet Onix Plus 2021: versão Premier vem com rodas de aro 16, grade cromada e sensores nos para-choques



Entre os sedãs compactos, o Chevrolet Onix Plus reina absoluto, com 13.640 unidades vendidas no primeiro bimestre, de acordo com o balanço da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos), entidade que também aponta o VW Virtus como segundo colocado no segmento, com 4.065 unidades.

Mas por que será que o GM consegue abrir tanta diferença? A central multimídia com internet a bordo e que funciona com sinal 4G nativo é uma das razões, mas há outras que veremos a seguir.

Bem, antes de mais nada, vale lembrar que os preços de sedãs compactos hoje em dia equivalem aos dos médios há não muito tempo atrás. No caso do Onix Plus Premier 2021 , com o pacote mais completo de equipamentos, como na versão avaliada, o carro chega a custar R$ 89.830, valor que dá direito a itens sofisticados como alerta de ponto cego nos retrovisores externos, sensores dianteiros, laterais e traseiros para ajudar nas manobras de estacionamento, carregador de celular sem fio, entre outros.

Rodamos mais de 800 quilômetros com o Chevrolet Onix Plus da linha 2021 tanto na cidade quanto na estrada e ficou claro que, além da multimídia com internet e do pacote tecnológico que a GM oferece, outro ponto que pode explicar a razão pela qual o modelo vende bem mais que os rivais está no conjunto bem acertado e eficiente, além do desenho harmonioso e do espaço no porta-malas de 469 litros.

Começando pelas impressões ao dirigir , conseguiram garantir boa dose de força desde as primeiras marcações do contagiros em um motor 1.0, de três cilindros, com turbo e variador de fase nos dois comandos. Com apenas etanol no tanque, são 16,8 kgfm a 2.000 rpm, o que é suficiente para ultrapassagens seguras sem precisar acelerar demais. Encostando o pé no acelerador com um pouco mais de força dá para ouvir o sibilar da turbina "enchendo" os três cilindros, mas com parcimônia, para manter o baixo consumo.

Mesmo sem injeção direta de combustível, o motor 1.0, turbinado do sedã, de origem Opel , rende bem, com ronco característico dos três cilindros trabalhando, o que chega até a empolgar. Porém, o câmbio automático de seis marchas poderia ter hastes atrás do volante para trocas sequenciais como nos rivais VW Virtus e Hyundai HB20S.

Interior da versão Premier, da linha 2021 tem como principal destaque a central multimídia com tela de 8 polegadas
Divulgação
Interior da versão Premier, da linha 2021 tem como principal destaque a central multimídia com tela de 8 polegadas

No lugar delas, a GM incluiu apenas um botão na própria alavanca que permite trocas ao selecionar a posição L (de Low , reduzida, em inglês), mas fica incômodo utilizar esse recurso por precisar tirar uma das mãos do volante. Então, na prática, você acaba deixando em Drive mesmo, tentando subir o giro do motor quando necessário com uma pisada um mais forte no pedal da direita, provocando reduções.

Exigindo a fundo, o 1.0 turbo consegue render bons 116 cv a 5.500, dando agilidade ao sedazinho, que também se mostra estável com ajuda das rodas de aro 16 montadas em pneus 195/55R (Continental Power Contact2 na unidade avaliada). A direção tem assistência elétrica, age em silêncio e garante conforto e baixa velocidade e seguranças conforme o ponteiro do velocímetro vai ganhando altitude.

Em se tratando de um sedã, a parte aerodinâmica também ajuda a reduzir o consumo na estrada. Conforme dados do Inmetro, com etanol, o Onix Plus Premier 2021 pode fazer 10,9 km/l na estrada e 8,6 km/l na cidade, números que passam para 15 km/l e 12 km/l com gasolina, respectivamente. Mas o tanque de apenas 44 litros acaba limitando a autonomia que chega, em trechos rodoviários, a 660 km com gasolina e a 528 km com etanol.


Como estamos falando da versão topo de linha do Onix Plus, o interior tem bancos com revestimento de dois tons, assim como o painel. Além disso, a central multimídia da linha 2021 passa a ter tela de 8 polegadas (a mesma do SUV Tracker ) e o ar-condicionado digital com regulagem independente para motorista e passageiro. Bom também é que todos os vidros têm comando "um toque" para subida e descida.

Mas para um carro que beira os R$ 90 mil faltaram itens como retrovisores externos com rebatimento automático, espelho interno eletrocrômico e sensor de chuva. Assim como em toda linha Onix , as luz de neblina traseira foi extinta na linha 2021. Sobraram apenas as dianteiras. Em contrapartida, a lista de itens de série continua bem recheada com câmera de ré, volante com ajustes de altura e profundidade, faróis comm acendimento automático, entre outros.

Conclusão

Com desenho harmonioso, conjunto bem acertado e eficiente, além do bom espaço no porta-malas e do pacote de itens sofisticados, o Chevrolet Onix Premier 2021 justifica sua liderança isolada no segmento de sedãs compactos no Brasil. Mas faltam alguns itens de série que fazem falta em carro que custa quase R$ 90 mil.

Você viu?

Ficha Técnica

Chevrolet Onix Plus Premier 2021

Preço: a partir de R$ 86.620 (R$ 89.830 com pacote Premier 2)

Motor: 1.0, três cilindros, turbo, flex

Potência : 116 cv a 5.500 rpm

Torque: 16,8 kgfm (E) / 16,3 (G) a  2.000 rpm

Transmissão:  Automático, seis marchas, tração dianteira

Suspensão:Independente (dianteira e traseira) 

Freios: Discos ventilados na dianteira e tambores na traseira

Pneus: 195/55 R16 

Dimensões: 4,47 m (comprimento) / 1,73 m (largura) / 1,47 m (altura), 2,60 m (entre-eixos)

Tanque : 44 litros

Porta-malas: 469 litros 

 Consumo: 12 km/l (cidade) /15 km/l (estrada) com gasolina

0 a 100 km/h: 10,9 segundos 

Vel. Max: 185 km/h 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários