Peugeot 2008 Griffe 2023: A Peugeot sempre fez carros irreverentes. No modelo 2023, ganha retoques estéticos
Guilherme Menezes/ iG Carros
Peugeot 2008 Griffe 2023: A Peugeot sempre fez carros irreverentes. No modelo 2023, ganha retoques estéticos

O Peugeot 2008 sempre apostou no custo-benefício para se destacar no segmento dos SUVs compactos, que só cresce vertiginosamente, desde que o modelo surgiu, em 2015. De lá para cá, recebeu atualizações importantes, como a substituição do câmbio AT8 pelo Aisin de seis marchas e a adição da motorização turbo THP. Como se sai nos dias de hoje?

Atualmente, com a linha 2023 — que pudemos testar, em sua versão de topo Griffe — ganha novidades no visual e bancos totalmente revestidos de couro (sintético). Isso faz o modelo se alinhar mais aos novos tempos da marca, que hoje é uma das que compõem o grupo Stellantis .

Apesar de sempre ter tido preços difíceis de superar (no bom sentido) e um pacote de equipamentos bastante refinado, o Peugeot 2008 nunca brigou pela liderança de vendas do segmento. De fato, não se atualizou tanto quanto os concorrentes, com o passar dos anos. Entretanto, a sua razão de ser não mudou.

Hoje, é o único SUV compacto automático a ter uma versão abaixo dos R$ 100 mil. A versão de topo testada sai por R$ 124.990, e só não é mais em conta do que a versão de topo do Nissan Kicks (R$ 119 mil) e do Chery Tiggo 3x (R$ 113 mil). Ainda assim, é o que tem melhor desempenho.

Na traseira, os destaques vão para as novas lanternas e para a renovação da tampa
Guilherme Menezes/ iG Carros
Na traseira, os destaques vão para as novas lanternas e para a renovação da tampa

O motor 1.6 turboflex do 2008  é o principal destaque do conjunto. Rende até 173 cv a 6000 rpm e 24,5 kgfm a 1400 rpm. Isso, segundo a fabricante, é o suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em 8,1 segundos e chegar aos 209 km/h.

Isso o coloca no posto de carro com o maior nível de desempenho no segmento. Ainda que não tenha a mesma potência do motor 1.3 turbo da Fiat e da Jeep (pertencentes ao mesmo conglomerado). E já que citamos o recente motor das marcas vizinhas, vale destacar que o 1.6 THP também tem melhores números de consumo.

Segundo o Inmetro, no etanol, faz 11,2 km/l (cidade) e 12,9 km/l (estrada). Na gasolina, os números sobem para 7,8 km/l (cidade) e 9,1 km/l (estrada). De repente, a relação consumo/desempenho pode até chamar a atenção de alguém que nem procura um SUV. 

O espaço interno está dentro da média para o segmento, mas não é um grande destaque. Apesar disso, a ergonomia e a posição ao dirigir são muito boas. O carro tem boa altura em relação ao solo e seu conjunto de suspensão é bem macio. Os conjuntos de rodas e pneus 205/60R16 também ajudam nisso.

De todo modo, algo nos chamou atenção durante os testes. Ao mesmo tempo que isso é positivo para um SUV , acaba se tornando um desafio na hora de controlar a sua aceleração. Claro que os controles de tração e de estabilidade, e os freios a disco nas quatro rodas, ajudam o condutor a ficar mais seguro.

O Peugeot 2008 Griffe da linha 2023 vem equipado com teto solar panorâmico, central multimídia com Apple Car Play e Android Auto, os equipamentos de segurança citados e airbags (frontais, laterais e de cortina), volante multifuncional, seletor de condução para terrenos não asfaltados e até piloto automático. Por serem os mesmos itens de gerações passadas do carro, explica-se o seu preço abaixo da média.

Conclusão

Fica a cargo do cliente decidir se é mais importante itens como uma central multimídia mais moderna, os últimos auxílios para a condução, sistema keyless, carregador por indução — entre outros ausentes no 2008 — ou se vale mais a presença do que hoje é considerado “básico” para modelos topo de linha, mas por preços mais acessíveis, e sem deixar de lado a ótima relação entre consumo e desempenho.

Ao final de tudo, isso significa que “água foi jogada dentro do chopp”? Depois de dirigir o carro, concluo que não necessariamente. O Peugeot 2008 é um dos exemplos de carros que, uma vez bem feitos, não deixarão de ser bem feitos.

Depois de um tempo no mercado, vemos que não apresenta mais defeitos crônicos. Ainda que o carro mereça ganhar uma renovação mais profunda, a compra vale quando o preço é justo e a proposta do carro está alinhada com as expectativas do dono.

Ficha Técnica

Peugeot 2008 Griffe THP 
Preço: a partir de R$ 124.990
Motor: 1.6, quatro cilindros, flex, turbo
Potência: 173 cv (E) / 165 cv (G) a 6.000 rpm
Torque: 24,5 kgfm a 4.000 rpm
Transmissão: Automático, seis marchas, tração dianteira
Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / eixo de torção (traseira)
Freios: Discos ventilados (dianteiros) / discos sólidos (traseiros)
Pneus: 205/60 R16
Dimensões: 4,16 m (comprimento) / 1,74 m (largura) / 1,58 m (altura), 2,54 m (entre-eixos)
Tanque: 55 litros
Porta-malas: 355 litros
Consumo gasolina: 7,8 km/l (cidade) / 9,1 km/l (estrada) com etanol e 11,2 kml e 12,9 km/l com gasolina, respectivamente
0 a 100 km/h: 8,1 segundos
Velocidade máxima: 209 km/h

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários