Tesla Model 3 é um dos modelos elétricos mais vendidos nos Estados Unidos hoje em dia
Divulgação
Tesla Model 3 é um dos modelos elétricos mais vendidos nos Estados Unidos hoje em dia

O mercado de veículos elétricos é relativamente novo em todo o mundo. Mas a Tesla é referência quando o assunto é esse segmento de veículos.Desde o início de suas operações, chama a atenção pela potência e tecnologia em seus carros.

Essa atenção do mercado que a Tesla atrai se reflete em sucesso de vendas, o SUV Model Y e do compacto Model 3 foram os elétricos mais vendidos nos Estados unidos no primeiro quadrimestre, segundo a KBB.

Pela primeira vez no mercado estadunidense a venda de veículos elétricos , superou a marca de 5% das vendas totais no período, sendo os da Tesla responsáveis por 68% da fatia de veículos elétricos do país.

Apesar do número expressivo, esse pode ser segundo ano consecutivo que a fatia de mercado representada pela Tesla sofrem uma queda. Em 2020 a fabricante comandada por Elon Musk era responsável por 75% do mercado de elétricos dos Estados Unidos, e no ano passado essa fatia caiu para 70%.

A queda na representatividade da Tesla no mercado elétrico é esperado, já que as fabricantes “tradicionais” cada vez mais destinam seus esforços para a mobilidade elétrica , aumentando a oferta e a concorrência para a Tesla.

O estudo ainda aponta que a oferta de modelos quase dobrou, se no primeiro quarto de 2021 os consumidores dos Estados Unidos compraram 18 modelos completamente elétricos , hoje o número aumentou para 32, e até o final do ano, devem ser ofertados 50 carros completamente elétricos no país.

Marcas como Volkswagen , GM e Ford já declararam publicamente que desejam superar a Tesla até 2025, e essa ofensiva contra a Tesla acontece por conta dos valores que a empresa movimenta e números de vendas de elétricos.

Para comparação, o Tesla Model 3 foi o segundo modelo mais vendido no quadrimestre com 46.707 unidades, atrás dele está o Ford Mustang Mach E , com 6.734 unidades, a diferença ainda é expressiva, mas pode mudar nos próximos anos, já que Rivian, Ford e GM começam a ofertar picapes para seus clientes, o que a Tesla ainda não faz.

Outras montadoras trazem tecnologias mais úteis, com qualidade e preço menor, o que é o caso do Hyundai Ioniq 5 , que foi eleito o carro do ano de 2022, e além de seu visual estiloso, utiliza arquitetura de 800 volts, contra a de 400 da Tesla, o que permite recargas mais rápidas.

A Tesla está na mira de grandes nomes do mercado automotivo , que pretendem superá-la nos próximos anos, e embora a queda de apenas 2% não apresente uma preocupação urgente para a fabricante, é necessário tomar cuidado, já que cada vez mais seus rivais irão trazer produtos novos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários