Ford F-100 Eluminator possui mesma potência do Mustang Mach-E, que pode acelerar de 0 a 100 km/h em 3,5 s
Divulgação
Ford F-100 Eluminator possui mesma potência do Mustang Mach-E, que pode acelerar de 0 a 100 km/h em 3,5 s

A Ford Performance Parts, divisão de alto desempenho da montadora de Detroit (EUA), agora dispõe de um motor elétrico “de prateleira”, que a marca vende para ser instalado em qualquer carro.


Para divulgar o novo produto, a Ford criou um “retromod”, um carro antigo modificado para se tornar mais atual, e instalou em uma F100 1978 um motor elétrico chamado de “Eluminator”.

Por US$3.900 (R$18.719,22 em conversão direta) os consumidores poderão comprar o motor elétrico capaz de gerar 285 cv e 44 kgfm de torque, no caso da F-100, foram instalados dois motores, que combinam para 486 cv e 88 kgfm de torque, mesmos números do Mach-E GT Performance , que utiliza a mesma configuração de motores.

Além do motor moderno, a picape recebeu um interior completamente novo, com elementos contemporâneos e inclusive uma tela multimídia . Para conter essa nova potência o modelo é equipado com rodas de 19 polegadas e pneus de alto desempenho de medidas 275/45 R19.

O modelo é pintado em branco com detalhes em cor de cobre que acompanham a carroceria , rodas e até o interior, onde se mistura com a cor preta. Vale ressaltar que debaixo do capô, além de um dos motores, ainda há um espaço para um pequeno porta-malas.

“O fato é que o desempenho dos carros elétricos é divertido e conforme a indústria avançar na eletrificação, o automobilismo e o mercado pós-vendas também vão”, diz Mark Rushbrook, diretor global da Ford Performance.

“Assim como a Ford está comprometida em liderar a revolução elétrica na parte de produto, a Ford Performanc e também quer vencer na área de veículos de performance e de competição",  concluiu o executivo.

Nos Estados Unidos o conceito de “crate engine” ou “motores de prateleira” são comuns e a Ford oferece diversas opções de motores à combustão para seus clientes, e agora, também oferta motores elétricos, mas, a fila de espera é grande.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários