Ferrari 296 GTS é o mais recente modelo híbrido da Ferrari, que tem sede em Maranello (Itália)
Divulgação
Ferrari 296 GTS é o mais recente modelo híbrido da Ferrari, que tem sede em Maranello (Itália)

A Ferrari é uma das fabricantes mais conhecidas no mundo, e vem lentamente aderindo à eletrificação de seus veículos. Agora, fontes da Itália afirmam que a fabricante irá expandir sua estrutura para permitir a produção veículos eletrificados.

Segundo o portal Bloomberg, a Ferrari comprou terrenos em Maranello (Itália) para criar uma terceira linha de produção, e também um centro de Pesquisa e Desenvolvimento para a fabricação própria de baterias.

Hoje a Ferrari produz dois modelos híbridos, o SF90 e o 296 que vêm com motores elétricos voltados para aumentar a performance do veículo e são considerados híbridos leves , devido à pequena capacidade das baterias.

Esse investimento da Ferrari  está ligado à chegada do primeiro veículo elétrico da fabricante de Maranello, esperado para ser lançado em 2025. Esse carro também poderá derivar outros modelos híbridos da marca.

Recentemente a Ferrari nomeou Benedetto Vigna como seu novo CEO,  para liderar a reestruturação da companhia, Vigna trabalhava em uma empresa italiana de michochips e semicondutores e traz conhecimentos importantes nessa área fundamental para os carros atualmente. 

A Bloomberg afirma que a Ferrari irá apresentar seus planos de expansão de negócios para os próximos quatro anos no dia 16 de junho, durante um evento voltado para os acionistas da marca de Maranello.

Pouco se sabe sobre o futuro elétrico da Ferrari , já que a companhia consegue segurar seus segredos, mas segundo patentes vazadas, terá quatro motores elétricos, um em cada roda e será um esportivo de apenas dois lugares.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários