Lightning Dakar
Divulgação
Lightning Dakar

Nem mesmo o segmento de motos está escapando da era da mobilidade elétrica. Prova disso são os constantes avanços nos estudos de novos modelos eletrificados no mundo, como é o caso da empresa estadunidense Lightning.

Ela vem investindo pesado em um novo modelo do segmento Adventure com tecnologia plug-in , que terá como mira a concorrente italiana, Energica Experia. O modelo, ainda sem nome definido, teve algumas imagens registradas na China.

As primeiras projeções foram divulgadas pelo próprio fundador e diretor executivo da Lightning , Richard Hatfield, que também é designer, e ocorreu na Administração Nacional de Propriedade Intelectual da China. Vale lembrar que a companhia tem uma unidade na China.

Durante a divulgação, o texto que o acompanha, traduzido do chinês, descreve o design não especificamente como uma moto de aventura, mas como uma ' motocicleta off-road', o que a distingue imediatamente da italiana Experia , mais voltada para a estrada.

Como dito, a nova plug-in não tem um nome definido, mas a empresa a descreve como 'Dakar' como uma tática para descrever o estilo da moto, já que sua adoção como nome é quase certa de ser contestada pela BMW, que a usou em motos de aventura desde a R80G/S Paris-Dacar de 1985.

A ‘Dakar’ deverá ganhar alguns elementos da já conhecida Strike a exemplo do motor elétrico e design de braço oscilante que parece quase idêntico. Além disso, um amortecedor traseiro único provavelmente de curso mais longo é usado junto com garfos dianteiros invertidos mais longos.

Quanto às rodas ao contrário da rival italiana Energica que é equipada com rodas de liga leve 17 polegadas próprias para a estrada, a ‘Dakar’ contará com rodas raiadas e maiores voltadas para o off-road em diâmetros de 21 e 18 polegadas.

Outros elementos que denunciam o caráter aventureiro da moto é o novo assento e subquadro traseiro , criando uma posição de pilotagem tradicional e vertical dos modelos deste segmento. O guidão largo, bem como os pedais robustos também reforçam o estilo.

Por fim, a carenagem também inclui todos os elementos de design de motos aventureiras e inclui um tanque de combustível alto e corcunda, para-lamas dianteiro elevado estilo 'bico', para-brisa alto, mas estreito e placa de liga sob o motor.

Por enquanto não há detalhes sobre qual conjunto motriz a moto plug-in será equipada, mas de acordo com alguns rumores que andam se espalhando nas últimas semanas, espera-se uma unidade que renda 120 cv de potência e uma autonomia estendida a partir de 244 km , igual a da Strike.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários