Sedã totalmente renovado será o primeiro da nova leva do segmento a estrear nas lojas no Brasil


Comunicado da GM confirma data de lançamento do novo Cruze para a imprensa da América do Sul
Divulgação
Comunicado da GM confirma data de lançamento do novo Cruze para a imprensa da América do Sul

Não faltarão novidades no terreno dos sedãs médios no Brasil até o fim do ano ( veja mais detalhes) . E a primeira delas a chegar às lojas será a nova geração do Chevrolet Cruze , como mostra o comunicado que a GM enviou ao site Argentina Autoblog.  O carro será apresentado para jornalistas da América do Sul entre os dias 3 e 5 de maio. O Cruze atual é feito em São Caetano do Sul (SP) e o novo será importado do país vizinho, primeiramente na configuração sedã, de quatro portas. E em 2017, como hatch, de cinco.

 Como modelo global, o novo Cruze foi apresentado em 2014 e começou a vender nos EUA no final de 2015. Os faróis ficam colados a uma pequena grade com a gravatinha da  Chevrolet.  Logo abaixo, no para-choque, há outra entrada de ar. É uma reinvenção mais agradável da conhecida grade bipartida que a empresa utiliza há anos.

Chega para mudar completamente o  Cruze  vendido atualmente no Brasil. A nova plataforma, chamada D2XX, foi desenvolvida sob a tutela da  Opel  para equipar carros de tração dianteira da  GM.  É mais longa, principalmente no entre-eixos: 6,8 cm a mais no comprimento total e 1,5 cm entre as rodas dianteiras e traseiras.

A motorização nacional é um mistério. Muitos falam sobre a adoção do 1.4 turbo de 154 cv e 24,4 kgfm de torque, com injeção direta e bloco de alumínio, o mesmo utilizado nos EUA, mas preparado para receber etanol. O site Argentina Autoblog menciona um motor 1.5 turbo de 160 cv. E até estão cogitando o uso do 1.8 atual nas primeiras unidades. De qualquer forma, o 1.4 turbinado vai começar a ser feito na Argentina apenas em 2017.

Nas pistas, antes de chegar às lojas

Chevrolet Cruze Stock Car
Divulgação/General Motors
Chevrolet Cruze Stock Car


A GM do Brasil já começou a usar a bolha do novo Cruze nos carros que disputam o campeonato brasileiro de Stock Car a partir do último dia 10 de abril. O carro teve boa melhoria na aerodinâmica, e trouxe as mudanças previstas na categoria para a temporada 2016.

O tanque de combustível agora é feito de fibra de carbono, deixando o carro mais leve. As novas regras permitiram que a equipe redesenhasse as tomadas de ar e o assoalho dianteiro.

A estreia será no próximo dia 10 de abril, na etapa no Velopark, em Porto Alegre (RS). Apesar de a carcaça ser diferente, o motor é padronizado para toda a categoria, utilizando o mesmo V8 5.6 que gera mais de 500 cv.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.