Esportivo será apresentando em Goodwood e deve usar motor 4.0 V8 biturbo de 578 cv

O Mercedes-Benz AMG GT é um esportivo impressionante por si só, mas parece não ser o suficiente para os engenheiros alemães, que trabalham no AMG GT-R . Será revelado durante o Festival da Velocidade de Goodwood (Inglaterra), um dos melhores palcos possíveis, no dia 24 de junho.

Enquanto a data não chega, soltaram um vídeo teaser que mostra o esportivo pela primeira vez. Apesar da rapidez, podemos notar algumas mudanças aerodinâmicas, como o novo para-choque dianteiro, com um difusor de ar maior e um duto de ar central alargado. A asa traseira móvel do modelo convencional foi substituído por uma peça fixa de fibra de carbono. O novo para-choque traseiro tem um duto de ar que extrai o ar quente do diferencial e um novo difusor de dois canais.

Em uma homenagem ao antigo Mercedes SL Panamericana de 1952, ganhou uma grade com o mesmo tratamento, com 15 hastes verticais, da mesma forma que fizeram na versão GT3, voltada para o automobilismo. Segundo a marca, essa grade será utilizada em todos os modelos preparados pela AMG .

Sob o capô continuará o motor 4.0 V8 biturbo, com uma preparação especial. Aumentaram a pressão do turbo, revisaram o coletor de admissão e colocaram um novo sistema de exaustão feito de titânio. A potência deve chegar aos 578 cv (425 kW) e 76,3 kgfm de torque. O foco dos engenheiros é que o AMG GT-R seja equilibrado em todos os momentos na pista, ao invés de ter apenas aceleração. No entanto, pode esperar por um desempenho abaixo dos 3,8 segundos que o GT S precisa para ir de 0 a 100 km/h.

Por enquanto, será o AMG GT mais poderoso à venda. Isso até o ano que vem, quando a Mercedes AMG pretende lançar o GT Black Series – este sim será o mais rápido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.