Tamanho do texto

Versão hatchback da nova geração do Cruze será apresentada no Brasil em novembro, no Salão de Automóvel, para chegar às lojas em 2017

Chevrolet Cruze Hatch
Divulgação
Chevrolet Cruze Hatch

A General Motors  revela que o Chevrolet Cruze Hatch será oferecido nos EUA por US$ 22.190 (R$ 76.644, em conversão direta sem impostos), com o início das vendas marcado para setembro. É a primeira vez que essa versão é vendida por lá, e está US$ 1 mil mais barato do que a configuração equivalente LT do sedã. No Brasil, o Cruze Hatch chega apenas em 2017, com sua apresentação oficial marcada para novembro, durante o Salão do Automóvel de São Paulo .

Chevrolet Cruze Hatch
Divulgação/General Motors
Chevrolet Cruze Hatch

Assim como o sedã, o Cruze Hatch contará apenas com o novo motor 1.4 turbo de 155 cv a 5.600 rpm e 24,5 kgfm de torque entre 2.000 e 4.000 rpm. Os clientes poderão escolher entre transmissão manual ou automática, ambas de seis marchas. Estará disponível nas configurações LT e Premier, com um pacote RS como opcional, que adiciona elementos esportivos na carroceria.

Na versão LT, vem com rodas de liga-leve de 16 polegadas, dez airbags, alerta de ponto cego e de saída de faixa e ar-condicionado automático. A central multimídia é a MyLink II, com OnStar, conexão 4G, câmera de ré e conexão Apple CarPlay e Android Auto.

Chevrolet Cruze Hatch
Divulgação/General Motors
Chevrolet Cruze Hatch

Apesar de ser mais curto, tem mais espaço no porta-malas. Enquanto o sedã tem capacidade para 440 litros , o hatchback pode carregar 524 litros, que podem subir para 1.189 litros com os bancos traseiros rebatidos. A GM promete muito espaço nos bancos traseiros, afirmando que será melhor do que o Ford Focus e Hyundai i30 (por lá conhecido como Elantra GT e que terá sua segunda geração lançada em outubro ).

Chevrolet Cruze Hatch
Divulgação/General Motors
Chevrolet Cruze Hatch

Quando chegar ao Brasil, o Cruze Hatch irá utilizar o mesmo 1.4 turboflex de 153 cv e 14,5 kgfm de torque. No sedã, é o suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em 9 segundos. O teste do Inmetro com o Cruze três-volumes cravou que ele faz 7,6 km/l na cidade e 9,6 km/l na estrada, com biocombustível, e 11,2 km/l na cidade e 14 km/l na estrada, com gasolina, o que lhe rende nota A em eficiência energética.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.