Perda de vácuo do freio afeta 420 unidades do Citroën C4 Lounge. Na Peugeot, são 422 unidades do hatch 308 e sedã 408

Uma falha na montagem do servofreio causa problemas aos proprietários do Citroën C4 Lounge e dos Peugeot 308 e 408
Divulgação/Citroën
Uma falha na montagem do servofreio causa problemas aos proprietários do Citroën C4 Lounge e dos Peugeot 308 e 408

O grupo PSA anuncia a convocação de 420 unidades do Citroën C4 Lounge e 422 unidades dos Peugeot 308 e 408. Os três veículos apresentam o mesmo defeito envolvendo os freios e que pode diminuir a eficácia do sistema em uma frenagem. A falha veio da montagem inadequada dos componentes, motivo pelo qual o recall também foi anunciado na Argentina, onde os três modelos são fabricados.

De acordo com a fabricante, um erro na montagem do diafragma do servofreio do Citroën C4 Lounge é a causa do recall. Da forma como foi montado, o sistema de assistência de frenagem pode perder vácuo, endurecendo o pedal do freio. Assim, a eficiência do freio é reduzida, aumentando a distância de frenagem, o que pode causar acidentes, principalmente caso o motorista tenha que fazer uma frenagem de emergência para evitar uma colisão.

LEIA MAIS: Citroën C4 Cactus vai chegar ao Brasil no fim de 2017

Os proprietários das unidades afetadas (confira os chassis logo abaixo) devem entrar em contato com uma concessionária da Citroën (no caso do Citroën C4 Lounge) ou da Peugeot (para 308 e 408) e agendar o reparo. Será feita a troca do servofreio, serviço que leva aproximadamente 3 horas para ser concluído. O atendimento já foi iniciado e a substituição é gratuita.

Segurança primeiro

Ter um carro convocado para reparos não é algo ruim. Pelo contrário, mostra que a marca assumiu um defeito e achou uma solução. Até mesmo marcas premium fazem recalls, desde Audi e BMW até Ferrari e Lamborghini . Além disso, as convocações ficam marcadas em um sistema do Denatran, constando no registro do Renavam do veículo. Se alguém comprar o carro usado, pode consultar o banco de dados e descobrir se há alguma pendência.

LEIA MAIS: Citroën C4 Lounge chega à linha 2017 a partir de R$ 69.990

A fabricante tem a obrigação de fazer o reparo, mesmo que o veículo não esteja em dia com as revisões ou procure por uma concessionária muito tempo depois que a campanha foi anunciada. É um defeito de fabricação e a lei garante que o conserto deve ser gratuito e sem prazo determinado para que seja realizado.

Confira os chassis envolvidos no recall:

Citroën C4 Lounge

Data de fabricação

Chassi

05/01/2016 a 05/05/2016

GG520898 a HG502941


Peugeot 308

Data de fabricação

Chassi

31/12/2015 a 04/04/2016

GG018848 a GG023552


Peugeot 408

Data de fabricação

Chassi

16/01/2016 a 17/09/2016

GG019305 a GG021756

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.