Subcompacto agora parte de R$ 32.380 e chega nos R$ 44.460 na versão topo de linha Way On. Confira mais detalhes

Fiat Mobi Way, versão topo de linha, agora tem preço sugerido que parte de R$ 44.460
Divulgação/Fiat
Fiat Mobi Way, versão topo de linha, agora tem preço sugerido que parte de R$ 44.460

A Fiat aumenta os preços de toda linha Mobi pela primeira vez desde o lançamento, em abril. Os reajustes ficaram entre 1,49% e 1,51%. Com isso, a versão mais em conta do subcompacto agora parte de R$ 32.380 ante 31.900 anteriormente. E a mais cara, a Way On, passou de R$ 43.800 para R$ 44.460. Entretanto, a versão Easy ainda pode ser encontrada pelo preço promocional de R$ 29.990, assim como outras versões que fazem parte de estoque antigo das concessionárias.

O Fiat Mobi vem apresentando um crescimento gradativo nas vendas desde que foi lançado, embora ainda num ritmo bem menor do que a Fiat previu. Já conta com 13.826 unidades vendidas em quatro meses completos de vendas. Conforme o balanço de agosto da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos), o modelo teve 3.840 unidades vendidas em agosto, o suficiente para ficar na frente do Uno , que teve 2.835 unidades vendidas no oitavo  mês do ano, antes de receber os novos motores Fire Fly. Veja abaixo como ficaram os novos preços.

MOBI EASY 1.0 FLEX -   R$ 32.380
MOBI EASY ON 1.0 FLEX  -  R$ 36.340
MOBI LIKE 1.0 FLEX -  R$ 38.470
MOBI LIKE ON 1.0 FLEX -   R$ 42.930
MOBI WAY 1.0 FLEX -  R$ 39.890
MOBI WAY ON 1.0 FLEX - R$ 44.460

LEIA MAIS: Fiat Palio Weekend 2017 muda pouco e perde a versão Trekking

Próximas novidades no Mobi

Aliás, o Mobi será o próximo modelo da Fiat a ter o novo motor 1.0, de três cilindros, primeiramente na versão Drive , que terá alguns itens exclusivos para se diferenciar das demais. Assim como a Volkswagen fez como o Fox Bluemotion, em 2014, o Mobi com novo motor vai conviver com as atuais versões com o 1.0 Fire Evo, de quatro cilindros. Espera-se que o Mobi Drive seja lançado até o final do ano.

O novo motor 1.0 Firef Fly, de três cilindros, rende 72 cv e 10,4 kgfm de torque com gasolina, números que passam para 77 cv e 10,9 kgfm com apenas etanol no tanque,respectivamente. É feito com bloco de alumínio e duas válvulas por cilindro, o que favorece o torque máximo em baixas rotações, o que acontece a maior parte do tempo pelo caráter urbano do modelo. 

LEIA MAIS:  Fiat Uno ganha cara renovada e estreia novos motores Fire Fly

Além da versão com motor de três cilindros, outro item que está sendo esperado no Mobi é o sistema LiveOn , que transforma o celular em uma espécie de central multimídia e computador de bordo.  Deveria sair em junho, mas tiveram um problema com a plataforma iOS e adiaram para setembro.

A reportagem de iG Carros chegou a entrar em contato com algumas concessionárias para saber se o sistema estava disponível, mas os vendedores não souberam dar uma previsão sobre quando o carro estará à venda com o equipamento. Mas, conforme a assessoria de imprensa da Fiat, o sistema LiveOn vai estar disponível em novembro.

LEIA MAIS: Fiat lança Punto 2017. Versão T-Jet sai de linha 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.