Fabricante europeia apresenta o AeroMobil, que vai custar a partir de US$ 1,3 milhão. Primeiras 25 unidades terão itens exclusivos

AeroMobil é o carro que voa europeu mais próximo de começar a ser vendido ao público, a partir de 2020
Divulgação
AeroMobil é o carro que voa europeu mais próximo de começar a ser vendido ao público, a partir de 2020

Não é de hoje que prometem lançar um carro que voa. Mas, dessa vez, parece que o modelo projetado por Stefan Klein, da AeroMobil, vai mesmo se tornar realidade, a partir de 2020, quando estão previstas as primeiras entregas. O modelo de quarta geração, que vem sendo aperfeiçoado há mais de 15 anos, acaba de ser apresentado e está pronto para começar a ser encomendado.  

LEIA MAIS: Empresa americana mostra carro voador que vai custar cerca de US$ 400 mil

A Aeromobil divulga que vai fabricar,inicialmente, 500 unidades do carro que voa como parte de uma série limitada denominada “First Edition” . Cada uma vai custar enrte US$ 1,3 milhão e US$ 1,63 milhão, dependendo do nível de equipamentos. Quem levar as primeiras 25 unidades levará itens exclusivos, com status de edições para clientes considerados como uma espécie de fundadores da empresa fabricante. 

Ainda são poucas as informações sobre detalhes técnicos do carro voador da AeroMobil. O que se sabe até agora é que trata-se de um avião leve e relativamente pequeno com asas retráteis. Vem com motor 2.0, turbinado, de quatro cilindros, que rende em torno de 300 cv. Precisa ser mais leve e eficiente do que os que equipam os automóveis convencionais, além de mais durável.

LEIA MAIS: Mercedes-Benz apresenta van que faz entregas sozinha. Saiba mais detalhes

Mais detalhes do carro que voa

Quando o modelo da AeoMobil passa a ser usado para rodar em terra firme entra em ação um motor elétrico, que vai instalado no eixo dianteiro e recebe energia do motor a combustão. E para alimentar o 2.0 turbo existe um tanque de 90 litros, que a fabricante diz ser suficiente para uma autonomia de 700 quilômetros no chão e 750 km no ar. Na terra, a velocidade máxima fica em 160 km/h, mas, no céu, chega nos 357 km/h.

LEIA MAIS:  Conheça detalhes dos 5 carros mais famosos da história do cinema mundial

A fabricante também diz que para o carro que voa se transformar é preciso cerca de três minutos. Também divulga que, por dentro, o modelo pode levar dois ocupantes e que tem espaço para levar 240 quilos de bagagem. Como medida de segurança, incluíram um para-quedas na equipamentos de série.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.