Tamanho do texto

Holandês PAL-V Liberty é o primeiro carro voador a ser vendido ao público. Conheça a novidade da PAL-V Liberty e veja como ela funciona

Combinando triciclo como girocóptero, carro voador PAL-V Liberty custa entre US$ 399 mil e US$ 599 mil
Divulgação/PAL-V
Combinando triciclo como girocóptero, carro voador PAL-V Liberty custa entre US$ 399 mil e US$ 599 mil

Ao longo dos anos, vimos diversos protótipos de carro voador, mas nenhum deles chegou ao mercado. Isso muda com o lançamento do PAL-V Liberty, veículo fabricado na Holanda e que já pode ser encomendado. Irá custar entre US$ 399 mil a US$ 599 mil (entre R$ 1,22 milhão e R$ 1,84 milhão numa conversão simples). As primeiras 90 unidades serão entregues em 2018, todas da versão especial Pioneer Edition, vendidas pelo preço mais alto.

LEIA MAIS: Mercedes mostra van elétrica que faz entregas sozinha. Veja vídeo

O carro voador da PAL-V é um triciclo com espaço para duas pessoas, com o passageiro posicionado atrás do motorista. O Liberty carrega um rotor retrátil no teto, que é aberto quando o modo aéreo é ativado – processo que leva 10 minutos. Assim, torna-se um girocóptero. Como pode imaginar, o condutor terá que obter a mesma licença necessária para um piloto de um veículo desse tipo.

O PAL-V Liberty só pode levantar vôo em uma pista de aeroporto, além de precisar de 180 metros para sair do chão
Divulgação/PAL-V
O PAL-V Liberty só pode levantar vôo em uma pista de aeroporto, além de precisar de 180 metros para sair do chão

Utiliza dois motores, um para mover-se no chão e outro no ar. Com as rodas no solo, tem velocidade máxima de 180 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em nove segundos, algo impressionante se considerar a aerodinâmica. Sua autonomia é de 1.314 quilômetros e alcança um rendimento de combustível de 10,9 km/l. No ar, pode viajar por 400 km (mantendo um combustível reserva para quando pousar).

Vôo difícil

Antes que ache que basta comprar um carro voador e sair por aí fugindo do trânsito, saiba que a realidade não é tão simples. O PAL-V Liberty deve seguir todas as regras de um girocóptero, só podendo levantar vôo em uma pista autorizada. Como não é um helicóptero, não é capaz de levantar vôo na vertical, sendo necessário percorrer 180 metros na horizontal para sair do chão.

LEIA MAIS: Veja os 5 carros mais famosos do cinema mundial. Confira a lista

Outro problema é a legislação para o carro voador. No momento em que tira as rodas do chão, o Liberty passa a seguiras regras de aviação do país (ou continente, no caso do espaço aéreo europeu). Cada país pede uma licença específica para girocópteros que, apesar de ser simples, pede um treinamento de 35 horas de vôo. Com o preço alto e investimento necessário para ser capaz de dirigir o Liberty, acaba tornando-se um brinquedo para ricos que gostam de voar.

LEIA MAIS:  Os 10 carros mais irados dos vilões do cinema. Saiba mais detalhes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.