Com novo design, Chevrolet Onix e Prisma serão lançados no segundo semestre, antes do Salão do Automóvel

Renovado, o novo Chevrolet Onix e o sedã Prisma será apresentado até outubro, antes do Salão do Automóvel.
iG Carros
Renovado, o novo Chevrolet Onix e o sedã Prisma será apresentado até outubro, antes do Salão do Automóvel.

Um leitor de iG Carros nos enviou, de forma anônima, fotos do novo Chevrolet Onix circulando pela Marginal Pinheiros, em São Paulo. O hatch passa por sua mudança de meia-vida juntamente com o sedã Prisma , e será lançado no segundo semestre do ano, pouco antes do Salão do Automóvel (que acontece em novembro).

Apesar da baixa qualidade das fotos (o leitor disse que o motorista do Onix percebeu que ia ser fotografado e tentou escapar), é possível notar algumas das novidades. Começa pela nova grade bipartida e faróis mais finos, seguindo o estilo ditado pela nova geração do sedã Cruze , mas mais próximo da adaptação feita para a reestilização do Cobalt. Na traseira, a mudança está nas novas lanternas, com desenho interno.

Na contramão da tendência de usar motores com três cilindros, a General Motor s vai seguir com a linha SPE/4, com quatro cilindros, nas configurações 1.0 e 1.4. Fontes ligadas à marca dizem que o custo para desenvolver um tricilindrico e ajustá-lo corretamente dentro do carro para que as vibrações não sejam muito fortes é muito alto.

O design do novo Chevrolet Onix é inspirado na segunda geração do Cruze, recém-lançada no Brasil.
iG Carros
O design do novo Chevrolet Onix é inspirado na segunda geração do Cruze, recém-lançada no Brasil.

“Vale mais a pena investir no motor atual para que fique mais eficiente e buscar soluções estruturais e aerodinâmicas”, afirma nosso informante, que cita alterações na redução de atrito dos pistões, uso de aço de alta resistência (mais leve que o atual) e lâmpadas de LED nos faróis e lanternas. Outra forma de economizar é trocar o câmbio manual de cinco marchas por um de seis velocidades.

Será o momento para a linha crescer. Conforme antecipado por iG Carros, o modelo atual continuará a ser produzido, com interior mais simples, para servir de carro de entrada da Chevrolet (uma vez que o projeto do novo Celta atrasou e agora será feito em parceria com a China ). É uma tática comum, como a Volkswagen fazia com o Gol G4 antes de lançar o Up! e a Fiat  faz com o Palio Fire .

Com o uso do Onix atual como versão de entrada, a GM vai aproveitar para deixar o modelo reestilizado um pouco mais equipado. Terá volante com direção elétrica (acabando com as críticas sobre o volante pesado do atual). A central multimídia MyLink passa para a segunda geração, com conexão Apple CarPlay e Android Auto. O serviço de concierge e monitoramento OnStar será outra novidade.

O que muda tambêm na linha Onix é a chegada da versão com apelo aventureiro que já vinha sendo cogitada há anos. Terá a suspensão ligeiramente elevada, para aumentar o vão livre em relação ao solo, rack no teto, rodas com design exclusivo e máscara preta nos faróis e lanternas. Nada de estepe pendurado na tampa do porta-malas. O nome ainda não foi confirmado, mas tudo indica que será batizado Onix Activ .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.