Nova versão ainda não está com a chegada confirmada ao Brasil, o que vai depender da reação do público

Um dos carros mais polêmicos que apareceram nos últimos tempos, o Range Rover Evoque Conversível será uma das atrações do Salão do Automóvel, entre 10 e 20 de novembro, de acordo com o que apurou a reportagem de iG Carros . Conforme o que conseguimos adiantar, o carro servirá de chamariz no estande da marca, que vai estudar a reação do público antes de decidir se venderá ou não o modelo no Brasil.

Desde que era apenas um protótipo, no início de 2012, o Range Rover Evoque Conversível causou espanto e precisou de mais de quatro anos para se tornar um carro produzido em série, já que o lançamento foi somente agora, no mês passado, já com os retoques no desenho que incluíram recortes no capô, além de faróis e lanternas com novos detalhes visuais.

LEIA MAIS: Range Rover Evoque se renova para guerrear nas estrelas

Em vez da capota fixa, de metal, o Evoque Conversível conta com um teto retrátil, feito de material poliacrílico. Ela fica guardada na traseira e leva 21 segundos para cobrir totalmente o interior do carro a partir do acionamento do botão no painel. Se for retirar totalmente a cobertura, o tempo da operação cai para 18 segundos. Outra boa notícia é que é possível que a capota funcione com o carro em movimento, contanto que o velocímetro não passe de 48 km/h.

O que muda no modelo de capota retrátil

Range Rover Evoque Conversível
Divulgação
Range Rover Evoque Conversível

Mas, como não poderia ser diferente, a versão conversível do Evoque acabou tendo o espaço no porta-malas reduzido. Passou de 550 litros para apenas 251 litros. Além disso, tiveram que adotar uma série de reforços estruturais para garantir a mesma rigidez torcional do modelo de capota fixa. E isso acaba implicando em um certo aumento de peso.

LEIA MAIS:  Jaguar Land Rover inaugura fábrica no Brasil para produzir Evoque e Discovery

Entretanto, o conjunto mecânico do Evoque Conversível  é o mesmo do modelo convencional. Conta com motor 2.0, turbo, com injecão direta de gasolina, capaz de render 240 cv de potência. Vem acoplado ao sistema de transmissão que inclui câmbio automático de nove marchas e tração integral. Veja imagens do novo modelo na galeria acima.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.