Tamanho do texto

Lista inclui modelos de todos os segmentos. E os preços foram convertidos em Real a partir dos valores de tabela praticados nos respectivos mercados

Não é de hoje que a questão dos preços no Brasil na comparação com outros países causa polêmica. Dentro desse contexto entram fatores como altas taxas, impostos pesados, margens de lucro exageradas, entre outros. E o assunto veio à tona com a recente chegada do Fiat Mobi ao México, por preços sugeridos bem menores que os praticados no mercado brasileiro e mais que o dobro do prazo de garantia.

LEIA MAIS: Conheça 5 sedãs automáticos e seminovos que custam até R$ 40 mil

A partir disso, listamos cinco exemplos de carros que são vendidos no Brasil por valores bem mais altos que os praticados em países próximos, todos no continente americano. Todos os modelos são produzidos aqui. Se algum fosse importado dos Estados Unidos, Europa ou Ásia, por exemplo, estaria sujeito a pagar alíquota de importação de 30 pontos percentuais de IPI,mais uma série de impostos diretos e indiretos, o que os deixariam ainda mais caros.

 1 – Fiat Mobi – R$ 25.550 (México) e R$ 39.240 (Brasil). Diferença: 34,9%

Fiat Mobi Like
Divulgação
Fiat Mobi Like

 O subcompacto da marca italiana, na versão Like , que acaba de chegar ao mercado mexicano é exatamente o mesmo carro feito em Betim (MG). Por lá, começaram a vender apenas as versões com motor Fire. E além de pagarem menos pelo carro também arcam com menos custos de manutenção, já que os valores das revisões são menores.

As seis revisões até os 60 mil km custam, no total, 7.996 pesos mexicanos, o que dá R$ 1.210. Por aqui, pagamos R$ 1.232 apenas na revisão de 60 mil km, mais do que nas seis manutenções do compacto. O pacote completo de revisões, no Brasil, custa R$ 3.448.

2- Toyota Etios- R$ 57.652 (Argentina) e R$ 64.990 (Brasil). Diferença: 11,3%

Toyota Etios Platinum 2017
Divulgação
Toyota Etios Platinum 2017


 Outro exemplo de modelo fabricado no Brasil e que chega a algum país vizinho mais em conta do que o preço cobrado no mercado brasileiro. A única diferença do carro vendidos para os hermanos é que o motor é movido a gasolina e não flex, como acontece no Brasil. O restante do conjunto é o mesmo em ambos os países.

LEIA MAIS: Conheça 5 carros seminovos para você fugir na hora da compra

De concepção simples, o compacto conta com câmbio automático de apenas quatro marchas, vindo do Corolla antigo. Na versão topo de linha Platinum , vem com um requinte fora de propósito que inclui bancos de couro, central multimídia com tela sensível ao toque com GPS e rodas de liga com acabamento diamantado.

3 – Ford EcoSport - R$ 61.691 (Chile) R$ 93.550 (Brasil) - Diferença: 34% 

Ford EcoSport Titanium 2.0 A/T 2017
Divulgação
Ford EcoSport Titanium 2.0 A/T 2017

 O utilitário esportivo feito em Camaçari (BA) é exportado para o Chile, inclusive,na versão SE, movida a diesel, que não pode ser vendida no Brasil por não atender à legislação brasileira. No caso da Titanium 2.0 , o carro vendido no mercado chileno é o mesmo disponível no brasileiro, exceto pelo motor flex.

Entretanto, no Chile, o preço do carro é 34% menor que no Brasil, considerando os preços de tabela e fazendo apenas uma conversão simples do valor cobrado no mercado chileno para Real. 

4 – Renault Sandero - R$ 35.717 (Colômbia) e R$ 42.400  (Brasil). Diferença 15,7%

Renault Sandero 1.0 SCe Authentique
divulgação/Renault
Renault Sandero 1.0 SCe Authentique

 O hatch com novo motor 1.0, de três cilindros, da Renault, é outro modelo concebido para ser vendido em países emergentes, com simplicidade em todos os aspectos, desde a plataforma até detalhes de acabamento. Na Colômbia, a versão mais em conta sai 15,7% mais em conta que no Brasil, apesar de não ter praticamente nenhuma diferença nos dois países.

LEIA MAIS:  Veja 10 carros turbo mais econômicos do Brasil, de acordo com o Inmetro

Entre os pontos positivos do carro estão itens como a suspensão bem calibrada para enfrentar o piso mal conservado da maioria das vias no Brasil e o espaço interno, inclusive no porta-malas. Mas falta, principalmente, mais capricho no acabamento e melhor ergonomia.

 5 – BMW X1 – (R$ 104.265) nos EUA e R$ 172.950 (Brasil). Diferença: 39,7%

BMW X1 SDrive 20iGP
Divulgação
BMW X1 SDrive 20iGP

A partir de julho do ano passado, o BMW X1 montado no Araquari (SC) começou a ser exportado para os Estados Unidos. O plano de exportação do  X1  aos EUA é de 10 mil unidades, quase um terço da capacidade anual de produção do complexo em Araquari (SC), de 36 mil unidades. 

Mas vale lembrar que toda a produção é em CKD, com 35% das peças exportadas da Europa, incluindo boa parte da carroceria. Se por um lado, a saída dos carros do Brasil para os EUA mostra a capacidade de produzir modelos sofisticados com qualidade dos brasileiros, por outro, revela a diferença dos preços praticados nos dois países. No Brasil, o carro fica 39,7% mais caro. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.