Tamanho do texto

Novo modelo terá motor 1.5 de 127 cv e câmbio manual. Confira as primeiras informações e imagens sobre o novo utilitário JAC T40

Abaixo do T5, o JAC T40 chega em maio com motor 1.5 e câmbio manual - ainda não confirmam versão CVT
Divulgação/JAC Motors
Abaixo do T5, o JAC T40 chega em maio com motor 1.5 e câmbio manual - ainda não confirmam versão CVT

A JAC Motors  resiste à crise do mercado no Brasil enquanto o governo não revela como será o novo regime automotivo que entrará no lugar do Inovar-Auto. O utilitário T5 está ajudando, pois colocou a marca de volta à primeira colocação entre as chinesas no País. Para aumentar seu rendimento, começarão a vender um novo SUV a partir de junho, e que recebeu o nome de JAC T40 (acreditava-se que seria batizado como T3 ).

LEIA MAIS: JAC T5 CVT: SUV fica mais cômodo, mas para quem não tem pressa

O plano é bem simples. O JAC T40 será posicionado abaixo do T5, de forma a brigar com os aventureiros Honda WR-V, Hyundai HB20X , Volkswagen CrossFox e alguns utilitários de entrada, como Chery Tiggo 2 , Renault Duster e, até que seja reestilizado, Ford EcoSport. Preços ainda não foram revelados mas, considerando que o T5 de entrada custa R$ 66.490, podemos esperar por valores próximos a R$ 60 mil.

Interior do T40 será bem equipado, oferecendo versões mais completas do que a concorrência por um preço menor
Divulgação/JAC Motors
Interior do T40 será bem equipado, oferecendo versões mais completas do que a concorrência por um preço menor

Pode ser mais esperto na hora de acelerar do que um SUV maior. Vem com o mesmo motor 1.5,  de 127 cv e 15,7 kgfm a 4.000 rpm. A vantagem é que está em um veículo menor e, consequentemente, mais leve, ajudando no desempenho do pequeno crossover. No momento, a única opção de câmbio confirmada é o manual de cinco marchas. No entanto, como existe versão do T40 na China com transmissão CVT, não duvide por uma versão com essa caixa no futuro.

Crescer aos poucos

Pequeno, irá brigar com os hatches aventureiros como Hyundai HB20X e as versões mais baratos dos utilitários maiores, como Renault Duster.
Divulgação/JAC Motors
Pequeno, irá brigar com os hatches aventureiros como Hyundai HB20X e as versões mais baratos dos utilitários maiores, como Renault Duster.

A esperança do grupo SHC, controladora da JAC Motors no Brasil, é sair do momento ruim do mercado automotivo nacional e conseguir voltar a crescer. “O porcentual nem interessa muito, o que importa é a inversão da curva”, explica Sergio Habib, presidente da JAC no País. “Em um mercado que continua caindo, escapar dessa tendência é fundamental. Estamos satisfeitos por ter acertado no lançamento do T5 CVT, que é o grande responsável por essa mudança positiva”.

LEIA MAIS: 5 SUVs seminovos por até R$ 45 mil. Confira a lista completa

Ao lado de T5 e T6, o T40 será o terceiro SUV da JAC no Brasil.
Divulgação/JAC Motors
Ao lado de T5 e T6, o T40 será o terceiro SUV da JAC no Brasil.

Embora seja um desempenho pequeno comparado com os líderes de mercado, o T5 CVT ajudou muito a marca. Em dezembro, as vendas passaram de 96 unidades para 176 unidades, quase o dobro. No primeiro mês de 2017, o resultado foi ainda melhor, com 186 veículos emplacados, mais do que as 74 unidades do Lifan X60 , o modelo chinês que mais vendeu em 2016. Foi o suficiente para a JAC crescer quase 2%, em um momento que o mercado nacional recuou 4,13%.

LEIA MAIS: Lifan tem mais três SUVs na manga para o Brasil. Saiba mais detalhes

Com isso, o JAC T40 terá um papel muito importante. A Lifan tem apenas mais um modelo além do X60 , o defasado sedã 530 . A outra chinesa no mercado é a Chery que, mesmo com uma fábrica em Jacareí (SP) produzindo três carros ( Celer hatch , Celer sedã e New QQ ), emplacou apenas 758 veículos em 2016. Terão mais um modelo nacional, o utilitário Tiggo 2 , modelo que irá brigar diretamente com o T40 .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.