Tamanho do texto

Propulsor será feito primeiro na Índia, mas a produção no Brasil está confirmada. Compacto, rende 137 cv e gasta 5% menos que o atual Sigma 1.6

Ford EcoSport apresentado na China, no mês passado, segue o padrão que será adotado no Brasil
Divulgação
Ford EcoSport apresentado na China, no mês passado, segue o padrão que será adotado no Brasil

A Ford apresenta  o novo motor 1.5, de três cilindros, que vai começar a equipar a versão renovada do SUV EcoSport. O carro será apresentado no Salão de Buenos Aires (Argentina), em junho, e começar a ser vendido no Brasil no segundo semestre, conforme apurou a reportagem de iG Carros.  Em um evento que contou o participação até do ministro de Indústria e Comércio, Marcos Pereira, a fabricante deu detalhes sobre a novidade, que passa a ser fabricada primeiramente na Índia, mas cuja montagem no Brasil vai acontecer em breve.

LEIA MAIS: Ford EcoSport renovado estreia no Brasil em meados do ano. Saiba mais

Sofisticado, o novo 1.5 da Ford, de três cilindros, vai começar a ser usado primeiramente no Brasil. São vários os detalhes técnicos que o tornam um dos mais engenhosos para a cilindrada. Tem 137,2 cv  e 16,2 kgfm de torque, o que configura um rendimento exemplar, com potência específica de bons 91,5 cv/litro, sem sobrealimentação. Além disso, consegue ser 5% mais econômico que o Sigma 1.6, de acordo com a fabricante, que ainda não divulgou dados de consumo. 

Tanto na China quanto no Brasil, o EcoSport continuará com estepe na traseira, ao contrário do que acontece nos EUA
Divulgação
Tanto na China quanto no Brasil, o EcoSport continuará com estepe na traseira, ao contrário do que acontece nos EUA

De qualquer forma, o novo 1.5 está repleto de truques de engenharia para ser tão eficiente. Começa pelos comandos de válvulas variáveis na admissão e no escape, com funcionamento completamente independentes. Com isso, dá para  atrasar ou adiantar as aberturas das válvulas de acordo com o que for preciso para cada situação, garantindo o máximo de rendimento. Há também bobinas individuais para cada cilindro, tuchos hidráulicos e roletados e até virabrequim deslocado a fim de conseguir ser o mais eficiente pelo menor atrito dos pistões contra as paredes dos cilindros.

LEIA MAIS: Veja 5 carros que ditaram as atuais tendências do mercado automotivo

Mais detalhes sobre o novo 1.5 da Ford

Novo motor Ford 1.5, de três cilindros, será feito primeiro na Índia, mas logo passa a ser montado no Brasil
Divulgação
Novo motor Ford 1.5, de três cilindros, será feito primeiro na Índia, mas logo passa a ser montado no Brasil

A longa lista de detalhes do motor continua com velas centralizadas na câmara de combustão e sistema de centelhamento múltiplo na primeira partida do dia para reduzir o máximo as emissões e o consumo. Outro recurso utilizado pela Ford é o coletor de escape integrado ao bloco de alumínio, sem juntas, o que otimiza o funcionamento do catalizador. E com as correias dos comandos de válvulas banhadas a óleo (feitas por um tipo de borracha especial), garantem menos atrito e dispensam manutenção por toda vida útil do motor, estimada em 240 mil quilômetros. 

LEIA MAIS:  Ford Fiesta brasileiro terá apenas o desenho da nova geração. Saiba mais

Para eliminar as vibrações características dos motores de três cilindros, decidiram incluir um eixo balanceador que funciona com uma engrenagem ligada ao virabrequim. Tem canais internos de lubrificação e deixa o motor funcionando redondo, sem vibrar, o que aumenta o conforto ao dirigir, de acordo com a fabricante, que também destaca a bomba de óleo com pressão variável para ajuda a reduzir o consumo em baixas rotações.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.