Tamanho do texto

Utilitário começa a ser vendido no Brasil a partir de 2019, quando será fabricado na Argentina junto com Nissan Frontier e Renault Alaskan

Vai acabando o mistério em torno da versão de produção da picape média  Mercedes Classe X, cuja fabricação na Argentina começa no segundo semestre de 2019, ano em que passará a ser vendida no Brasil. Antes da apresentação oficial do utilitário, marcada para o próximo dia 18, a marca alemã resolve divulgar o video teaser que revela imagens oficiais do novo modelo que será fabricado sobre a mesma base de Nissan Frontier e Renault Alaskan.

LEIA MAIS: Mercedes-Benz GLC Coupé 250 4 Matic agrada pelo estilo e desempenho

Pelo o que é possível notar, a fabricante tomou o cuidado de deixar o desenho da Mercedes Classe X com o mesmo estilo adotado nos seus utilitários esportivos de luxo (os modelos GLC, GLE, GLS, entre outros). Isso é notado, por exemplo, pela grade frontal com a marca da estrela de três pontas e por causa dos faróis com lâmpadas de xenônio e LEDs. Entretanto, na traseira, a Classe X não vai conseguir disfarçar muito o parentesco com as outras duas picapes da aliança Renault-Nissan. 

No interior, porém, é que modelo da Mercedes deverá mostrar seu DNA mais nobre. Tudo indica que o desenho que será adotado, dessa vez, fique mais próximo do que foi apresentrado na versão conceitual, com detalhes que seguem o padrão dos utilitários esportivos, como os modelos GLC e GLE. Também será importante manter o mesmo nível de acabamento desses SUVs. Entre outros detalhes, a Classe X conceitual vem com saídas de ar em formato em cruz, tela multimídia saltando do painel central e o cluster parecido com o sedã da Classe C .

LEIA MAIS: Mercedes C 300 Sport é apresentado e passa a ser oferecido por R$ 241.900

Mecânica também será diferente

Imagem do vídeo teaser da Mercedes Classe X mostra que a picape terá frente parecida com a dos SUVs da marca alemã
Divulgação
Imagem do vídeo teaser da Mercedes Classe X mostra que a picape terá frente parecida com a dos SUVs da marca alemã

Além da frente diferenciada, o que também vai ser exclusivo da Classe X será o motor V6, oferecido como opcional, informacão que chegou a ser confirmada pela própria Mercedes.  Trata-se do 3.0. turbodiesel dos SUVs GLE e GLS, nas versões 350D, com 258 cv e nada desprezíveis 63,3 kgfm de torque a meros 1.600 rpm, que funciona com câmbio de 9 marchas e tração integral. De série, a picape da marca alemã virá com o 2.5, também a diesel, de 190 cv, que equipa Frontier e Alaskan, com caixa automática de seis.   

LEIA MAIS:  Antes da Mercedes Classe X, veio a picape feita na Argentina "La Pick-Up"

Ainda não foram divulgadas informações oficiais sobre as especificacões técnicas, mas estima-se que a Mercedes Classe X será capaz de levar em torno de 1,1 tonelada de peso, com 3.500 kg de capacidade maxima de levar reboque. Mas a marca trabalha para que a picape tenha o memso nível de conforto dos seus SUV, o que vai exigir ajustes na suspensão. E também existe a possibilidade de haver uma versão com apelo esportivo com aval da AMG.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.