Tamanho do texto

Pessoas com deficiência ganham opção mais em conta do modelo, com bancos de couro. Veja as novidades da linha do sedã líder de vendas

Toyota Corolla GLi continua sendo vendido na linha do sedã, mas, pelo menos temporariamente, só com bancos de couro
Divulgação
Toyota Corolla GLi continua sendo vendido na linha do sedã, mas, pelo menos temporariamente, só com bancos de couro

A Toyota comunica aos concessionários que o Corolla GLi com bancos de tecido, antes oferecido por RS 69.990 para pessoas com deficiência, deixa de fazer parte, temporariamente, do catálogo da marca. A partir de agora, a versão mais básica do Corolla é a GLi Couro por R$ 91.990, sem o desconto para PCD (Pessoas Com Deficiência). Com ele,  a Toyota oferecerá abatimentos especiais de 15% na versão GLi com bancos de couro e câmbio automático do Corolla, além da isenção de 11% de IPI pelo canal de Vendas Diretas. Dessa maneira, pessoas com deficiência podem adquirir o Corolla GLi com bancos de couro por R$ 68.072.

Consultada, a fabricante nos enviou o seguinte posicionamento: 

“A Toyota do Brasil suspendeu temporariamente o recebimento de novos pedidos para o Corolla versão GLi Tecido. A medida visa equilibrar a demanda existente para todas as versões do modelo, considerando a atual capacidade de produção do Corolla, o sedã médio mais vendido do Brasil. Ao público PcD (Pessoas com Deficiência) que aguarda em fila de espera e possui necessidade imediata do veículo, a Toyota oferece, em condição especial e por tempo limitado, a versão GLi Couro automática do Corolla com 15% de desconto, além da isenção de 11% de IPI pelo canal de Vendas Diretas”.

LEIA MAIS: Toyota Etios Sedan Platinum mostra que tem requinte fora do propósito

Reestruturação

Toyota Yaris tem chances de ser vendido no Brasil para concorrer com Volkswagen Virtus, Honda City e companhia
Divulgação
Toyota Yaris tem chances de ser vendido no Brasil para concorrer com Volkswagen Virtus, Honda City e companhia

A reformulação na linha do Corolla pode estar ligada à chegada de um novo modelo da marca ao mercado. Na última semana, a Toyota apresentou a nova geração do Yaris na Tailândia. O sedã tem mesmo porte de Volkswagen Virtus, Honda City, Chevrolet Cobalt e do sedã do Fiat Argo que chegará da Argentina, no ano que vem. E  deve chegar ao Brasil no ano que vem, apesar de não existir qualquer confirmação oficial por parte da Toyota. O objetivo é preencher a grande lacuna que existe entre a versão mais cara do Etios Platinum e o Corolla GLi.

LEIA MAIS: Conheça o sedã Toyota Yaris que poderá ser vendido no Brasil

O principal ingrediente utilizado pela marca para tornar o Yaris um sucesso em mais de 70 países é o fator ecológico. Alguns mercados são bem mais simpáticos a carros amigáveis ao meio ambiente, concedendo isenções de impostos e, consequentemente, deixando o preço bem competitivo.

LEIA MAIS: Conheça cinco SUVs que chegarão ao Brasil até o segundo semestre de 2018

Não é a primeira vez que o Toyota Yaris aparece como possibilidade para o nosso mercado. A novela começou há alguns anos, e foi atrapalhada pelo conturbado cenário político-econômico brasileiro em 2016. As especulações nunca deixaram de existir, com unidades camufladas do yaris circulando por aqui constantemente. No fim do ano passado, a Toyota informou que não havia qualquer previsão de adaptar a fábrica de Sorocaba (SP) para o novo modelo em 2017, também negando a possibilidade de importar o carro no mesmo ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.