Tamanho do texto

Hatch médio também é montado no Brasil e terá mudanças no início do ano que vem. Saiba mais detalhes

VW Golf GTI: uma das versões do hatch médio que vão deixar de ser fabricadas no México em 2019
Divulgação
VW Golf GTI: uma das versões do hatch médio que vão deixar de ser fabricadas no México em 2019

É anunciado o fim da produção do VW Golf na linha de montagem em Puebla (México) a partir de 2019. A decisão foi tomada por pressão do sindicato dos trabalhadores de Wolfsburg (Alemanha), que quer que a produção do modelo de concentre na Europa. Antes do Golf, o Beetle deixará de ser feito na fábrica mexicana, já no fim do ano.

LEIA MAIS:  Volkswagen Golf renovado chega ao Brasil só no início de 2018

Além do fim da produção do VW Golf , são evidentes das mudanças na Volkswagen do México ultimamente. Por lá é produzida a nova geracão do SUV Tiguan, modelo de maior valor agregado e tamanho, o que é o contrário do que foi estabelecido no início das atividades da fábrica mexicana, que começaram com a produção do Fusca, nos anos 60.

E de acordo com o site mexicano Al Volante a produção do Golf vai se ser exclusiva da Alemanha em 2020, ainda por pressão do sindicato alemão. Isso significa que o carro poderá deixar de ser produzido em São José dos Pinhais (PR), dentro de três anos. A publicação também destaca que as vendas do modelo vem caindo constantemente.

LEIA MAIS: VW Golf GTI: um dos poucos hatches médios esportivos que sobraram no Brasil

Lá em Puebla também passarão a sair da linha de montagem novos modelos, entre os quais a nova geração do sedã Jetta e o SUV T-Roc, que foi um dos destaques do Salão de Frankfurt (Alemanha), em meados de setembro ultimo.

Foco no Polo

VW Polo Highline: versão topo de linha do hatch compacto é uma das que começam a ser vendidas no mês que vem
Renato Maia/Falando de Carros
VW Polo Highline: versão topo de linha do hatch compacto é uma das que começam a ser vendidas no mês que vem

Com a chegada do Polo, no início do mês que vem, a Volkswagen vai se concentrar nas vendas do hatch compacto, que terá uma nova família de modelos, da qual vai fazer parte um sedã, um SUV e uma picape maior que a Saveiro e menor que a Amarok. Portanto, o Golf foi colocado em segundo plano e teve o lançamento da sua versão renovada postergado para o início de 2018.

LEIA MAIS:  Volkswagen Golf 1.0 TSI: a melhor versão do hatch à venda no Brasil

As mudanças no VW Golf serão discretas. Apenas retoques no desenho e a oferta de quadro de instrumentos digital e configurável, como no Polo. Além disso, entre as novidades também deverá estar incluída a nova central multimídia Discovery Pro, com tela de 9,2 polegadas e que pode ser comandada por gestos, o que serea oferecido como opcional. Por fim, haverá como optar pelo controle de velocidade adaptativo, capaz de fazer o carro acompanhar o que segue à frente, entre outras mudanças. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.