Tamanho do texto

Volvo segue aposta em produzir elétricos e cria divisão de esportivos Veja mais detalhes sobre a estratégia da marca sueca

Volvo Polestar 1: cupê substitui o C70 com alta dose de modernidade em vários aspectos,  do estilo ao conjunto mecânico
Divulgação
Volvo Polestar 1: cupê substitui o C70 com alta dose de modernidade em vários aspectos, do estilo ao conjunto mecânico

A Volvo lançará em 2019 o Polestar 1, feito pela sua nova subdivisão de modelos esportivos. Trata-se de um GT híbrido, que funciona com motor elétrico e outro a combustão. Com o uso combinado de ambos, chega a ter uma autonomia de 150 km, de acordo com a fabricante, que ainda diz que o carro é capaz de entregar até 600 cv - potência similar ao modelo base atual da Lamborghini, o Huracán, e 100 kgfm, valor cerca de 5 vezes maior do que se encontra em um Toyota Corolla Altis 2018. São esperados números de desempenho fabulosos, mas que ainda não foram divulgados.

LEIA MAIS: Volvo XC60 R-Design: SUV sueco atinge sua melhor forma

Thomas Ingenlath, CEO da Polestar, afirma que todos os futuros modelos da Volvo serão elétricos, sendo o Polestar 1 o primeiro deles, o que os colocará no posto de primeira fabricante  já estabelecida a adotar o motor elétrico como protagonista. O foco em clientes que visam performance e uma nova fábrica na China são as principais estratégias para concretizar os planos da Volvo Cars.

Volvo Polestar 1: interior segue o estilo dos novos XC90 e XC60, com ampla tela do sistema multimídia
Divulgação
Volvo Polestar 1: interior segue o estilo dos novos XC90 e XC60, com ampla tela do sistema multimídia

LEIA MAIS: Vazam fotos do XC40, que chega ao Brasil no início de 2018

O projeto herdará a plataforma que hoje equipa os modelos XC90 e do atual XC60, porém, os engenheiros irão desenvolvê-lo visando uma dinâmica extremamente apurada e precisa, baseada na tecnologia de Suspensão Eletrônica Continuamente Controlada de Chassi (CESi), da Öhlins. Além  disso, a carroceria feita de fibra de carbono vai contribuir para sua redução de peso e aumentar a rigidez torcional em até 45%. Um duplo eixo traseiro elétrico, com torque vetorizado, será responsável por aproveitar o máximo de aderência possível enquanto o condutor estiver acelerando em curvas.

LEIA MAIS: Volvo V40 R-Design 2017: hatch esportivo à espera da nova geração

Vendas online

As mudanças da estratégia da Volvo também incluem a maneira de comprar os modelos disponíveis na sua linha. Os carros serão encomendados pelos clientes via online  e contarão com serviços de entrega e retirada, além de aluguéis de demais modelos da Volvo ou Polestar, com o objetivo do cliente se concentrar somente no prazer de dirigir. 

Traseira deixa a largura do arrojado cupê em evidência, para dar idéia de força e bom desempenho
Divulgação
Traseira deixa a largura do arrojado cupê em evidência, para dar idéia de força e bom desempenho

Visando maior diversidade de modelos com a tecnologia do Coupe Polestar 1, a Volvo também planeja a produção do Polestar 2, um sedã que concorrerá com o Tesla Model 3 e o Polestar 3, utilitário esportivo que concorrerá com o Tesla Model X e, também, com o Jaguar I-Pace, previsto para lançar em 2018. A marca pretende justamente ter, a princípio, um modelo por segmento, utilizando tecnologia nova.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.